Daniel Rezende estará a frente da nova série original da Netflix: Ninguém Tá Olhando

A Netflix, principal serviço de entretenimento por internet do mundo, anunciou hoje a produção de uma nova série original brasileira, Ninguém Tá Olhando, estreia do premiado diretor Daniel Rezende à frente de um projeto solo na plataforma após dirigir dois dos oito episódios de O Mecanismo.

A comédia dramática tem sua história centrada na figura de Uli, um anjo da guarda inconformado com a arbitrariedade das ordens que recebe diariamente e que decide se rebelar, e é a primeira colaboração da Netflix com a produtora Gullane.

​Ninguém Tá Olhando adiciona uma dose de humor ácido a questões complexas da humanidade e explora a relatividade de conceitos como ‘bem’, ‘certo’ e ‘verdade’. A ideia é subverter concepções pré-estabelecidas para refletirmos sobre elas, logo após recuperarmos o fôlego de boas risadas“, afirma o diretor Daniel Rezende.

O Brasil é um dos nossos principais mercados internacionais e em constante crescimento. Com as primeiras séries nacionais que realizamos, notamos o interesse do brasileiro em consumir ainda mais conteúdo local. Estamos animados para trabalhar com nossos parceiros da Gullane e consolidar nossa colaboração com um talento como Daniel Rezende“, disse Erik Barmack, Vice-presidente de Conteúdo Original Internacional da Netflix. “​Ninguém Tá Olhando apresenta temas que interessam ao nosso público não só no Brasil, mas em todo o mundo, com um olhar crítico e bem-humorado sobre o que é ser humano nos dias de hoje“.​

Ninguém Tá Olhando se junta a uma diversa lista de produções originais brasileiras, como 3% e O Mecanismo, já disponíveis na plataforma, e a sitcom Samantha!, que estreia em 6 de julho. Já foram anunciadas pela Netflix as séries Sintonia, uma parceria com o diretor Kondzilla, e o drama de época Coisa Mais Linda. A lista de conteúdos originais brasileiros também inclui documentários como Laerte-se, especiais de comédia com Felipe Neto, Marco Luque, Clarice Falcão e Edmilson Filho, além do longa-metragem O Matador, primeiro Filme Netflix produzido no país e dirigido por Marcelo Galvão.

É uma honra e uma grande conquista para a Gullane dar início à parceria com a Netflix, no momento em que ela investe cada vez mais em conteúdo nacional. O Brasil é hoje um dos maiores mercados consumidor de conteúdo audiovisual do mundo e já há alguns anos vem se colocando também como um importante produtor no cenário internacional. Exibir globalmente Ninguém Tá Olhando, de Daniel Rezende, em todos os países onde a Netflix está presente será uma experiência transformadora“​, dizem Caio e Fabiano Gullane, produtores e fundadores da Gullane.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.