Blindspot | 2×14 – Borrow Or Rob

Blindspot trouxe um episódio dinâmico, cheio de ação, e o melhor, muito engraçado. trabalhar com o Rich Dotcom sempre é motivo para muita palhaçada e piadas de duplo sentido, e mesmo com o início envolvendo o exagero religioso do personagem, o seu desenvolvimento foi bem bacana.​ E o melhor é vermos mais de Patterson nessa jornada, principalmente o lado de Boston.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Primeiro o lado emocional.

Colocar Patterson e Boston juntos foi uma ótima saída para ela falar sobre a morte de um namorado e a traição de Borden, ela precisava estourar com ele para ver que ela precisava mesmo gritar, deixar as coisas saírem, tanto que Nas pede para ela ir conversar com Sun. Boston teme que sua vida sempre será uma merda com Rich brincando com ele e a prisão é algo que ele já está vivendo, mas gostei de Rich querendo fazer algo bom para o namorado, como ajudar o FBI em troca de Boston ir para mais perto de sua família.

Reader está completamente perdido e Nikki tem sido seu maior problema e a garota é encrenca. Seu vício em cocaína está arrastando Reader e já anseio por Zapata ver o que o amigo está fazendo para se esconder de todas as dores emocionais que sente por conta do que sofreu.

Agora vamos aos jogos!

Equipe separada, Weller focou em invadir uma festa e compreender como poderá evitar uma guerra, encontrada em uma das tatuagens de Jane e ligada diretamente a Rich. Colocar Weller como namorado de Rich para invadir a festa foi hilário, e Patterson e Boston se viraram para conseguir a senha do notebook de um dos membros do grupo.

Tudo isso para descobrir quem seria responsável para iniciar uma guerra para ir atrás de uma das maiores fontes de litium. Foi uma trama interessante, bem desenvolvida, Rich pagou levando uns tiros, mas viu um ex-amigo cedendo e uma guerra evitada. O problema é que Zach está envolvido com Shepherd e ninguém ligou os pontos…

E ainda tivemos mais problemas, já que ao lado de Nas, Jane e Roman são levados onde viveram com Shepherd e o ódio dele só aumenta, pois ele quer sua vida e suas memórias de volta, o que deixa sua irmã em uma enrascada, pois vive mentindo pra ele sobre quem as removeu.

Outra complicação para Jane é o fato dele ter lembrado que foi ele quem matou a mãe de Taylor. Ela resolve guardar isso para si, pois Weller não receberá isso muito bem. O motivo? O disfarce de Jane não ser comprometido.

Blindspot está interessante, sua trama segue sendo desenvolvida, e o melhor é que seus personagens crescem nessa jornada.

A nova mensagem escondida nos títulos, somando a letra do meio de cada um deles para formar KURT, e dessa letra, não importa o lado, tem a mesma forma:

  • K | nor i nigel aKa leg in iron
  • U | droll autumn Unmutual lord
  • R | devil neveR even lived
  • T | name noT one man
  • W | borroW or rob

Fico por aqui, comentem e to be continued