As Luzes em Mim | Resenha

As Luzes em Mim me apareceu ao acaso em uma promoção da Amazon e acabei pegando o ebook para conferir a trama de um adolescente em plena suas descobertas, e Roberto Azevedo nos cativa com sua narrativa sobre esse garoto que enfrenta um “mundo escuro” de frente.

A trama de As Luzes em Mim não é complexa, mas é cheia de nuances importantes para uma pessoa LGBTQ+, pois busca mostrar de forma natural o amor entre dois jovens que só querem se amar. Só que nada é fácil em As Luzes em Mim, pois logo no primeiro capítulo nos vemos envolvido no acidente de Marcos e sua família, que lhe aflige um problema logo de início: deficiência visual.

Construído em cima da força de Marcos em enxergar o mundo a sua maneira, o livro nos dá detalhes de suas caminhadas pela casa decorada, como cheio de dor e sarcasmo acaba enfrentando os colegas do colégio cheio de preconceito, pois para piorar, ele é gay. De sua bengala até a aquisição de um cão-guia, Storm, o livro detalha a forma como Marcos vê o seu mundo e se posiciona diante dos preconceitos.

E logo de cara conhecemos Maurício, um dos Maurícios que sempre cruzam sua vida e traz amor, mas também traz rancor, duas pessoas diferentes com o mesmo nome que mexem com emoções tão distintas, mesmo tendo carinho pelo passado que viveu com um desses Maurícios, que hoje o menospreza.

Os encontros, as descobertas, as dores, tudo é muito bem escrito por Azevedo, e acho que só peca um pouco pelo excesso de felicidade em dados momentos, como quando Marcos discute com Maurício ex-amigo no restaurante, fala de seus problemas e sua sexualidade, e acaba sendo aplaudido pelo restaurante inteiro. Só que ao mesmo tempo é bom nos sentir abraçados em um momento em que a mãe, Joana, acaba ouvindo atrás da porta que o filho está apaixonado por outro rapaz. É bom ter momentos de amor em uma situação tão cheia de dedos.

As Luzes em Mim traz exatamente isso, luz. A cada amigo, a cada encontro e reencontro, nos sentimos conectados a Marcos e seus amores, perigos, dores e sonhos. Roberto Azevedo acaba entregando um romance jovem e cheio de energia, que mesmo com pequenos pontos aqui e ali que podem incomodar um pouco, não quanto a trama apresentada, mas como a situação é finalizada, só que entrega um romance gay que gostaria muito de ter lido quando adolescente, ver as coisas mais simples as vezes.

Outra coisa legal é que As Luzes em Mim tem umas coincidências e umas reviravoltas que nos empolga, como o acidente que deixa Marcos cego e os motivos para ele acontecer. Vale conferir, então paro por aqui para não entregar mais…

FICHA TÉCNICA

Título: As Luzes em Mim
Autor: Roberto Azevedo
Editora: Rico Editora
Gênero:
Romance
Páginas: 207
Formato: eBook
ASIN:  B07JH8BSQ4

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.