Star Trek: Discovery | Review: 5×08-09 – Labyrints / Lagrange Point

0
28
star trek discovery season 5

Estes dois episódios de Star Trek: Discovery trouxe uma ótima preparação para os momentos finais da série, mesmo que ainda sinta como se a decisão de encerramento tenha sido precipitado. Não há a sensação de despedida, e os eventos continuam acontecendo a nos remeter somente o poder dos Progenitores.

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos da série/filme.
Continue a ler por sua conta e risco.

Moll finalmente se libertou das amarras do Primarch tio de L’ak, mesmo que para isso tenha que ter enfrentado a sua tirania e possibilidade de prisão. Ela deter o conhecimento do poder foi essencial para se manter viva, e usar os ideais dele para convencer aos outros Breen a se unir a sua causa, e com isso derrubar o tio de L’ak.

Fato é que agora ela precisa entender muito mais para adentrar o portal onde está o poder, já que ela conseguiu roubar o artefato principal da Discovery. Só que há muito ainda a caminhar nessa trama de amor de Moll, que vai além do poder.

A parte de Michael entrando em modo de conexão mental, e o avatar ser Book, por conta dela ter que se resolver com ele, foi muito sem sal, trouxe um desenvolvimento necessário para a relação deles, só que já não gosto do personagem desde os acontecimentos da última temporada, e a sensação de que ele não mudou, e pode colocar tudo a perder por causa de sua relação com Moll.

Michael também é quem se sacrifica para ir atrás de Moll dentro do receptáculo dos protetores do poder dos Progenitores, e ela sabe a chave para sair, o que já a ajuda.

No geral estes episódios foram importantes para relacionamentos, como o entendimento de que Adira está mais adulta e pode entrar em missões, o que coloca Stamets e Culber para pensar em como o tempo passou.

Para mim o melhor foi ver Rayner e Tilly, e como ele todo metódico acaba caindo nas graças dela, que tem um coração e sabe ler melhor as pessoas. E da mesma forma, é Rayner quem entende o desejo de Michael na missão e em como invadir com a Discovery a nave dos Breen e assim retirar de lá o item.

Agora, Saru se sacrificar para ir conversar com a outra Primarch dos Breen que quer ser a imperatriz e assim entrar em uma missão suicida, bem antes de seu casamento, coloca de forma bem legal a relação dele com T’rina, que precisa deixar a lógica para pensar na emoção.

Star Trek: Discovery | Review: 5×06-07 – Whistlespeak / Erigah

Star Trek: Discovery caminha até que bem para o fim de uma temporada, mas repito que não sinto que seja o fim da série, ou seja minha indignação em ver a série encontrar um encerramento.

Try Apple TV

Deixe uma resposta