A Million Little Things | Review: 4×11-12-13- Piece of Cake / Little White Lies / Fresh Start

E mais dramas para completar a cartela de A Million Little Things… E convenhamos, alguns são bem sem sal, como as reações de Sophie e Dani as coisas ao seu redor, mas principalmente as idas e vindas de Gary e Maggie.

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos da série/filme. Continue a ler por sua conta e risco.

Kath passou mal e todos ficaram preocupados, mas o interessante é como desenvolvem isso colocando Theo no meio e seu medo de ser o “responsável da casa” e precisar cuidar da mãe. A conversa entre eles é mais do que necessária, por conta do peso em cima de uma criança, só que o mais bonito é como ele e Eddie lidam com a relação nova de Kath e Greta. Tudo muito natural, sem forçar a barra, mesmo que a trama como um todo e seu desenvolvimento até aqui, eu tenha achado rápida de acontecer.

Eddie e Anna acabam se resolvendo, mas ele não consegue se consolidar na relação e é preciso que Kath lhe dê um empurrãozinho para ele ir atrás da sua pretendente. Gostei da forma como Anna também ajudou Eddie a lidar com Sophie.

E é assim, Sophie agora sai em turnê com sua nova banda, já que ela abandonou os estudos, e depois de brigar com Eddie, acaba tendo sua benção, e também uma nova guitarra. E se sai Sophie, hora de entrar Danny, que retorna para tentar resolver suas coisas com Milo, mas Gary novamente fica entre as pessoas e não consegue lidar com os adolescentes…

Gary lidando com os jovens e ainda tendo o caso com Maggie por um tempo, o que o fez ter uma situação complicada com Cam, acabou deixando todos bem estranhos, mas eu já disse, a relação de idas e vindas deu pra mim, e para ajudar, agora temos uma novidade… Maggie quer ter filho.

Isso aí, depois de bater de frente com os conservadores valores do rádio, e indicar o aborto a uma jovem preocupada, e tendo ela mesmo já feito um, ela resolve que é hora de tentar engravidar, e parece que Gary terá um filho pra chamar de seu nos próximos meses. Achei bonitinho sua produtora ser demitida, não essa parte da demissão, mas sim o fato de Nick, finalmente não tendo uma relação de trabalho com ela, poder chamá-la para sair, pois esconde sua paixão há anos.

O drama de Rome no colégio o faz voltar até o local e ter que encarar o seu professor que o desencorajou a lutar por seus direitos, e também ver seu antigo amigo, únicos negros na época, trabalhar no colégio e ainda ter uma relação boa com esse professor. Tyrell ainda não mostrou a que veio, mas gosto da preocupação que ele tem com Rome, e quero ver ele lidar com a vingança de Rome para cima do professor, ainda mais que ele não sabe se homem mudou depois de tantos anos.

Já Regina lida com a presença de seu pai e com o fato de que irão abrir um novo negócio, e achei bom eles estarem amis abertos a conversa. Regina precisou se impor mais, e no fim seu pai a ouviu. Hora de um novo negócio de comida na cidade…

A Million Little Things | Review: 4×09-10 – Any Way the Wind Blows / Surprise

A Million Little Things precisa aprender a desenhar melhor suas tramas e dividi-las pelos episódios pois algumas parecem perdidas para só depois se amarrarem, só que até aí já perdeu um pouco a graça. Danny e Sophie não fazem falta na série, que agora precisa de novos dramas, pois Jon e sua família já ficou de lado, mesmo com o carinho da amizade, eles não são tão importantes para as tramas.

DISPONÍVEL NO(S) SEGUINTE(S) STREAMING(S):

One Reply to “A Million Little Things | Review: 4×11-12-13- Piece of Cake / Little White Lies / Fresh Start”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.