Young Sheldon | Review: 5×21-22 – White Trash, Holy Rollers and Punching People / A Clogged Pore, a Little Spanish and the Future [Season Finale]

E encerramos a 5ª temporada de Young Sheldon com bons questionamentos e movimento para seus personagens, principalmente a forma como aprofundaram George e Georgie. Pai e filho tiveram grandes momentos na temporada, mas é Connie quem ainda rouba cena com a forma como lida com as coisas.

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos da série/filme. Continue a ler por sua conta e risco.

Sheldon passou a entender as confusões de sua família, a forma como cada um lida com as coisas, e como as vezes eles são “miseráveis” nas vidas que levam, no sentido de não fazerem o que gostam, ou se divertirem, mesmo na concepção dele. E com a sua chegada a puberdade, mudanças começam a lhe ocorrer, e ele começa a enxergar essas coisas, mas com medo de ser parecido com eles, e eu amei Iain Armitage se “vestindo” de Connie, Mary, George e Georgie, e não querendo aquilo para ele.

Então chegamos ao momento em que ele resolve mudar e é muito bom ver ele escolhendo sua primeira camisa nerd, a de The Flash. Lembrando que suas camisas se tornaram ícone em The Big Bang Theory, assim como as fivelas de Howard.

Georgie e Connie

O seu crescimento será obrigatório, agora com a chegada de seu filho e com o fato de precisar lidar com a presença de Mandy em sua vida, e sua avó, Connie, ficará ao lado da garota, que terá seu bisneto. Foi muito bonita a forma como Connie se posicionou ao lado dela, e quis mostrar que daria o seu apoio, e ficou lembrando do ocorrido com Mary e George.

Georgie começa a ver que precisará lidar com dinheiro e tudo o que ter um filho pode lhe representar, e a série mostra que ele começará a ter outras visões, e reforça como ele é talentoso em querer retirar grana e empreender, mesmo que no cassino ilegal de sua avó.

Eu ri com ele seguindo Connie e Mandy para descobrir onde elas iriam, e a vontade dele de estar presente enquanto ela faz os exames para saber se está tudo bem com o bebê.

George e Mary

O casamento dos dois é algo que está indo para o ponto final… Ele está com os sentimentos cruzados por Brenda, e ela pelo pastor Rob, mas antes de qualquer coisa se complicar para traição, acho que o casamento termina antes. As brigas estão constantes, o fato dela ligar mais para a opinião das pessoas da igreja também tem reforçado alguns problemas.

Com a comunidade lhes olhando torto, agora nem Mary e nem George tem emprego, ele saiu do time do colégio e ela foi demitida da paroquia da igreja. Agora ela terá que trabalhar no boliche, ao lado de Brenda, o que preocupa George de alguma forma, e ele terá que focar mais na loja.

O problema é que ambos não consegue conversar direito, e tem tido poucos momentos agradáveis.

Missy

Gosto demais da forma como a garota é independente e espero que foquem mais em sua personalidade e em tramas interessantes para ela. Aqui ela sempre mostra que está ao lado da família e que fará de tudo para protegê-los, como bater em um menino que fale mal deles.

Missy não entende muito bem a sua mãe, e vê-la chorando com todos os problemas ao redor, a fez perceber que também precisa dar carinho e estar ao lado dela.

Young Sheldon | Review: 5×19-20 – A God-Fearin’ Baptist and a Hot Trophy Husband / Uncle Sheldon and a Hormonal Firecracker

Young Sheldon fez um ano com bons arcos de desenvolvimento, e esse da gravidez de Mandy e Georgie veio para abalar ainda mais a família, que é cheia de problemas por conta de Sheldon e da forma como Mary e George levam as coisas, e espero que no próximo ano tudo fique mais leve, pois tivemos episódios, que mesmo com o tom cômico, foram bons tapas na cara.

DISPONÍVEL NO(S) SEGUINTE(S) STREAMING(S):

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.