young sheldonReviews Séries & TV 

Young Sheldon | 4×11 – A Pager, a Club and a Cranky Bag of Wrinkles

Falando sobre a dificuldade de Sheldon em se encaixar, Young Sheldon até que fez um episódio interessante, mas sempre penso que deveriam dar mais espaço para Georgie e suas maluquices para ganhar dinheiro, ou estar com algumas gatinhas. Além disso, Connie e June são sempre ótimas juntas.

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio/série. Continue a ler por sua conta e risco.

Dr. Linkletter não aguenta mais o Sheldon em seu pé, uma vez que o menino não consegue firmar amizade com o pessoal de sua turma. A questão é que Sheldon é invasivo e exagerado, e ele precisa achar um lugar para se encaixar, e Mary dá a ideia dele conhecer alguns grupos ou sociedades da faculdade.

O problema é que ele é quem entrevista os grupos para ver se o grupos se encaixa em sua vida. Sem um grupo que ele se encaixe ou o aceite, ele cria o grupo do silêncio, principalmente pela forma como Linkletter o dispensou.

Agora, Georgie usando dos pager, ou bip, para se mostrar popular foi sensacional! Eu tive um lá em 1999-2000… A questão é que o rapaz acaba sendo chamado por uma senhorinha, que a todo momento precisa dela para levá-la a vários lugares e ele não consegue falar não. No fim ele descobre que a senhorinha tem uma neta bonita, que começa a conversar com ele.

Já Connie volta a se aproximar de June e as duas acabam bebendo e se esbaldando na noitada, o que faz ela rever sua relação com Dyle, e entender que está caidinha por ele, mesmo que eles pareçam estar em uma página diferente. A ligação dela na madrugada sem se lembrar, poderia ter sido diferente…

E ri com a forma como a série colocou June para cantar tão desafinada, lembrando que a atriz é a icônica Reba McEntire, incrível atriz e cantora country.

Young Sheldon | 4×10 – Cowboy Aerobics and 473 Grease-Free Bolts

Young Sheldon sempre muito bem em desenvolver seus personagens e suas relações.

Postagens relacionadas