Reviews Séries & TV 

The Wonder Years | 1×03-04 – The Club / The Workplace

E em mais 2 episódios The Wonder Years trouxe uma visão bem interessante sobre o que Dean vê no mundo, seja para o lado “clube dos homens”, seja para a forma como vê sua mãe trabalhadora e com pouco reconhecimento. Ambos os episódios foram bem gostosos de se assistir.

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos da série/filme. Continue a ler por sua conta e risco.

Em “The Club“, Dean começou a se interessar por mulheres, ou melhor, por revistas com mulheres, e acabou se metendo em confusão, sendo obrigado a entender mais sobre as cosias, sobre sexo, e seu pai Bill, o mostrou a sua coleção, e conversou bem sobre isso com ele, o colocando em um “Clube de Homens”, e foi divertido ver a cabeça do garoto em como seria isso, mas as coisas se complicam quando sua mãe entra no meio.

Ri come la explicando as coisas e logo seu pai o “tirar do grupo” por falar demais, mas é da conversa com a mãe que vem o maior dos problemas. Em casa eles tem uma conversa franca sobre as coisas, mas ele levou isso para a escola, e ao falar com Keisa sobre sua menstruação, acabamos vendo todos sendo chamados a diretoria.

Quando vemos Dean precisando ficar em casa por alguns dias em “The Workplace“, é aí que ele vê como as coisas são diferentes, seja passando uns dias no trabalho do pai, onde ele só complica as coisas ao querer fazer parte da banda e atrapalhar as gravações no estúdio caro, ou com a mãe, onde ele vê como ela realmente é uma grande mulher.

Vale ressaltar que durante os dias com o pai, que perde a paciência com o garoto, o vemos tocando “With a Little Help from My Friends“, tema de abertura da série original de 1988.

De volta a Lilian, sua mãe, ele passa um dia com ela no escritório onde é executiva de contas e ela simplesmente faz de um TUDO no setor, e com direito a ser ignorada por outras pessoas seja por ser chefe, seja por ser mulher, ali Dean vê o quanto sua mãe luta para se manter tranquila. Até mesmo quando o chefe dela tem “uma ideia”, é ela quem organiza as coisas para ele acreditar realmente que veio dele.

Gostei dessa crítica a situação das mulheres no emprego, quanto a ganhar menos e fazer muito mais, e em como tem suas opiniões subjugadas para dar espaço a outros homens.

The Wonder Years | Primeiras Impressões: Reimaginação da série clássica traz a felicidade, dor e realidade de um jovem negro

The Wonder Years tem se mantido com uma trama gostosa de ver, comédia leve, e um desenvolvimento bem tranquilo nesses 4 primeiros episódios. A série conseguiu me tirar boas risadas com a história da camisinha ser feita de balão, e até os pensamentos simples de Lilian em não querer que o filho que está no Vietnã não lhe dê um neto.

DISPONÍVEL NO(S) SEGUINTE(S) STREAMING(S):