Reviews Séries & TV 

Dexter: New Blood | Review: 9×02 – Storm of Fuck

Preparando o terreno para o que virá nos próximos episódios, Dexter: New Blood nos trouxe de volta Harrison e com ele algumas respostas sobre seu passado nesses 10 anos, além de chegar em um momento propício para chacoalhar a vida de Dexter, ou melhor Jim.

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos da série/filme. Continue a ler por sua conta e risco.

O episódio focou bem como a cabeça de Dexter está perdida e em como Deb o crítica o tempo todo por se abrir a experiência de ter Harrison por perto. O drama deste fantasma dele, é que Dexter irá se apoiar em algo que ele sempre irá perder, e Harrison é alguém que ele ama e que não aguentaria perder, como foi com todos os outros. Mas há uma satisfação nessa “vitória” dele em ter o filho ao seu lado, Angela e ainda a adrenalina de esconder o corpo de Matt em meio a uma busca.

Dexter planejou as coisas em cima da hora, não deu tempo de pensar em outras saídas, mas conseguiu fazer todos acreditarem que Matt matou um servo branco, crime na região de Iron Lake, e faz a todos imaginar que o homem desapareceu por medo. O problema é que quando ele acha que as buscas se encerrariam e que todos sairiam de suas terras, o pai bilionário do rapaz, Kurt, aparece pedindo que continuem a busca.

Esse foi o mote principal em cima das ações de Dexter, mas há muita história que faltou ser contada, ou melhor aprofundada no episódio, afinal Angela aceita muito fácil a chegada de Harrison, não questiona muito Jim, e o garoto acaba dando algumas pistas da morte de sua madrasta e o desejo de ir ficar um tempo com o pai. Ela então traça um paralelo com sua situação com Audrey, que é sua filha adotiva, e esta está ligada em Harrison.

O próprio Harrison ainda esconde muita coisa, mas ele deixa claro que sempre o atormentou o que o pai quis dizer na carta que deixou para Hannah (Yvonne Strahovski), no fim da 8ª temporada, sobre ele ter “tendências sombrias”, e Dexter não explica que seu temor era ele ter um passageiro sombrio igual ao dele. O seu caderno de desenhos na mochila é meio suspeito, mas pode ser só para gerar algum drama no momento.

A chegada de Harrison ainda expõe o destino de Hannah, seus momentos finais foi lutando contra um câncer no pâncreas, mas acabou falecendo. Harrison foi para um lar adotivo, mas ninguém o queria adotar por já ser mais velho. Ele e Dexter conversam sobre ter uma trégua.

E no meio de tudo isso, Lily, a garota que pede ajuda a Angela no primeiro episódio é mostrada feliz em um quarto, bebendo e comendo, mas no dia seguinte ela descobre estar em um cativeiro. A questão é quem a observa e o que deseja com ela, mas a série dá várias pistas sobre um serial killer que pega jovens garotas, é a pista que é dada sobre os desaparecimentos pela cidade, como o caso de Iris.

Dexter: New Blood | Review: 9×01 – Cold Snap

Este episódio de Dexter: New Blood foi mais lento, serviu para nos situar sobre a paternidade de Dexter e colocar algumas pulgas atrás de nossa orelha quanto a chegada de Harrison, enquanto mostra que a pacata Iron Lake tem seus demônios para serem descobertos.

DISPONÍVEL NO(S) SEGUINTE(S) STREAMING(S):