Reviews Séries & TV 

A Million Little Things | 3×15 – Not Alone

Única coisa que falo deste episódio de A Million Little Things é o quanto Kath é forte e precisa se manter em pé perante os problemas que o seu relacionamento passa, mesmo que ele esteja para acabar uma etapa, ela terá muitas coisas a se pensar… Enquanto isso, Sophie começa a processar as coisas em sua cabeça de forma diferente, quanto o ocorrido com Peter.

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio/série. Continue a ler por sua conta e risco.

Regina ainda está com problemas de memória e concentração e sua mãe, Shelly, acaba levando-a para fazer uma tomografia, e as duas precisam brigar com o médico para ele passar o exame para ela e avaliar bem a situação, pois ela não está normal. No fim o exame sai normal, ela não tem nada, mas algo ainda está atrapalhando sua mente, e quero ver como isso irá ser levado.

Rome e Tyrell estão focados em fazer o documentário, e até encontram ainda mais força nisso, só que ambos recebem de forma bombástica a notícia de Regina, sendo ela para Rome, enquanto Tyrell escuta de longe. Esperando para ver o que sairá dessa trama.

Sophie ainda está com a cabeça cheia, e ainda mais com a história da outra aluna de Peter que se matou. Ao prometer a Maggie que iria correr e focar em si, ela mentiu e acabou indo a casa dela e conversando com seus pais, entendendo mais sobre o poder da filha na música e como ela mudou, mas ao contar seu trauma, a mãe de AAA, acaba brigando com Sophie, pois sua filha não seria assim tão fraca.

Mesmo desestruturada, Sophie tenta se manter forte, e Maggie recebe o pai dela, que conta que sua filha pode sim ter sofrido assédio e lê em seu diário a mesma história da roupa de banho com Peter, e que ele não contou isso para sua esposa… A trama vai ficando mais forte, e Maggie conta a verdade para Sophie. Já esperando por mais problemas e que Peter pague o que tem feito.

Por fim temos Eddie tentando se esforçar para conseguir a guarda compartilhada de Theo com Kath, e ele se esforçando por uma casa e lugares que possa ter condições de se locomover e receber o filho, só que sua ex acaba deixando claro que não é por ele estar em uma cadeira de rodas que ela não confia, mas sim por ele ser um viciado.

A discussão dos dois teve tanta dor, pois ele falou coisas que não devia e Kath foi obrigada a jogar todo o sofrimento que passou na cara dele, como o fato dele ter a traído, ter tido uma filha com Dellilah e ela aceitar tudo isso por amor a ele, mas que já não dá mais, e que irá lutar por Theo.

Lógico que Gary se mete e promete que irá cuidar do afilhado, que Kath pode confiar nele, mesmo que não confie em Eddie e que entende toda a frustração dela. Em nenhum momento ele discorda das falas da amiga, só pede que ela confie nele.

A Million Little Things | 3×14 – United Front

A Million Little Things tem trabalhado muito bem seus dramas, colocando coisas muito relevantes nos momentos atuais, enquanto trabalha coisas menores, mas não menos importantes, em seu pano de fundo.