Young Sheldon | Review: 5×19-20 – A God-Fearin’ Baptist and a Hot Trophy Husband / Uncle Sheldon and a Hormonal Firecracker

Bem mais denso, mas com o humor apropriado, Young Sheldon vem para balançar a família com a informação da gravidez de Mandy e como Georgie e seus pais tem de lidar com tudo. A gravidez indesejada, a discussão sobre casamento, a igreja, tudo é colocado em ponderação, incluindo o melhor para a criança.

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos da série/filme. Continue a ler por sua conta e risco.

Se não bastasse as incertezas de Georgie e a forma como ele reage com Mandy, Young Sheldon agora traz Mary e George para dentro dessa história, e é muito bem discutido, pois o foco principal é dar o devido suporte a garota e o bebê que virá, lembrando que estamos nos anos 1980, e as aparências do que dirão sobre a família, e a mulher grávida sem casar, é algo muito repercutido.

O apoio lógico que virá, Georgie ainda toma umas atitudes bem idiotas, como atrapalhar Mandy no trabalho depois de já ter falado demais, e eles ressaltam a pouca idade dele, 11 anos mais novo que ela, e tudo piora com Mary querendo que eles casem, e que ela entre para a igreja Batista, onde irão cuidar da criança. Só que Mandy não baixa a cabeça para a família de Georgie, o que é legal de ver.

E Mandy tem o maior medo de como será quando seus pais descobrirem, e nesse ponto eu adorei a forma como Connie se posiciona a ficar ao lado dela, e dar o apoio que precisar no momento de conversar, pois ela mesma não soube como agir quando Mary engravidou de Georgie.

A história fica mais legal quando Missy e Sheldon descobrem e não conseguem sossegar enquanto não ligam os pontos e descobrem que é Georgie quem terá um filho e não sua mãe, como eles imaginavam no começo, que teriam um irmão e não um sobrinho.

O mais importante de tudo isso é o caminho que o casamento de Mary e George acaba seguindo. Sabemos da separação deles, por conta das falas de Mary em The Big Bang Theory, e até de sua morte, mas a construção que isso vem tendo em young Sheldon é sensacional. As pequenas brigas e discussões, as decisões tomadas em separado, as cobranças, a forma como George sente que está sempre de lado, ou como Mary acaba achando que está com tudo nas mãos e o marido não pega, tudo é muito bem explorado.

Young Sheldon | Review: 5×17-18 – A Solo Peanut, A Social Butterfly And The Truth / Babies, Lies and a Resplendent Cannoli

Young Sheldon sempre nos surpreende positivamente e vai muito além de uma simples comédia para rirmos de Sheldon, mostrando o valor de todos ao redor dele.

DISPONÍVEL NO(S) SEGUINTE(S) STREAMING(S):

One Reply to “Young Sheldon | Review: 5×19-20 – A God-Fearin’ Baptist and a Hot Trophy Husband / Uncle Sheldon and a Hormonal Firecracker”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.