this is usReviews Séries & TV 

This is Us | 5×03 – Changes

Passado o turbilhão de emoções do aniversário dos Pearson, é hora de This is Us acalmar bastante as coisas e começar a mostrar mais sobre o cotidiano de cada um e as suas decisões tomadas.

Único momento que intriga e fica muito no ar são os acontecimentos no Vietnã, com a pequena garota pescando com o avô, aprendendo sobre ter paciência, e no fim descobrirmos que ele era o policial que salvou a mãe de Randall e que eles viveram um tempo juntos.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio/série. Continue a ler por sua conta e risco.

Mostrando na adolescência e na forma atual como estão a vida dos personagens, This is Us continua sabendo ligar os acontecimentos do passado com as atitudes presentes. Novamente o foco acaba sendo Randall e sua ansiedade e necessidade de estar com as pessoas da sua raça.

Randall cresceu em uma família branca, nunca vemos ele reclamar disso, mas então vemos que ele desde pequeno sente que tem algo diferente, e um acontecimento com a amiga de Kate o deixa sem chão, pois ela tenta beijá-lo só por querer sentir uma boca tão diferente quanto a de um negro.

No presente ele busca um terapeuta negro para poder lidar com suas questões e acha um com uma família que pode ouvi-lo bem. Além disso, ele precisa lidar com Tess que precisa aprender a ter sua identidade, e ela chega a reclamar de ter crescido em um reduto “branco”, e quando vai fazer um ato para buscar mudanças, acaba extrapolando, mesmo que seu pai goste. Então, castigo pelo exagero e pela falta de diálogo.

this is us

Para Kevin é uma conexão enorme com o pai. Jake sempre o levou para estar ao seu lado, colocando-o no esporte e malhando na garagem de casa, algo que ele também sente conexão com o próprio pai, só que ele era mais intenso.

No presente temos ele e Madson tentando se conectar por conta do filho, e quando ele se recusa a comer para estar em forma, ela sente-se estranha. É aí que eles se abrem para conversar e ela explica que é bulímica, que tem que se esforçar muito para se permitir comer e não afetar o desenvolvimento dos filhos deles, e espera que ele possa ajudá-la de alguma forma.

Kevin então se abre e conta que ele também se cobra na parte da comida, que conta calorias, se joga nos exercícios. Que seu primeiro papel sempre foi uma exploração do corpo e que ele precisa lidar com isso, e que para piorar, ainda é alcoólatra, e que tem que lutar contra tudo isso todos os dias.

this is us

This is Us perde um pouco a sua força na trama da adoção de Kate e Toby, mas não é que fique ruim, é que é apenas levado… Temos a mãe que quer colocar a filha para adoção, fazendo graça e agradando os dois, e até penso que possa ser um jogo para tirar dinheiro deles até eles realmente conseguirem adotar uma menina.

Na adolescência vemos Kate fazendo o possível para se reaproximar de Stuart, tenta colocá-lo no grupo de estudos, e cria muitas expectativas com a situação, só que ele lhe dá um banho de água fria quando fala que só aceitou estar ali por conta do tema do trabalho, pois ama deserto, e não por querer ficar com ela.

This is Us continua muito forte e impactante em muitos momentos, como sempre nos leva as lágrimas, e é muito interessante como eles estão conduzindo seus temas com a pandemia de pano de fundo, falando sobre usar máscara e se proteger, sem perder seus dramas a serem desenrolados.

Postagens relacionadas