The Good FightReviews Séries & TV 

The Good Fight | 4×07 – The Gang Discovers who Killed Jeffrey Epstein [Season Finale]

Indo na onda do mistério da morte de Jeffrey Epstein, The Good Fight fez um episódio interessante, mas infelizmente por conta do Coronavírus a temporada foi encurtada, não concluindo sua trama principal, que é o Memo 618. Além disso, mudanças virão na próxima temporada, como a saída de dois advogados.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Liz e Marisa são chamadas a irem a um presídio e iniciar a investigação de como Epstein morreu, se foi assassinado ou suicídio. Isso inicialmente é um foco interessante, mas com o desenrolar das coisas, todos os funcionários da advocacia são levados a extremos, pois tudo envolve coisas bem difíceis, como pedofilia, escravas sexuais e envolvimentos políticos, com até mesmo Donald Trump.

Todo o desenrolar da trama é interessante, até mesmo Lucca precisa usar sua nova rede de amizade com Bianca para entender Epstein, mas no final nada é descoberto, a não ser uma casa em uma ilha, onde Marisa e Jay encontram obras de arte, mas não veem que Epstein mandou guardar em criogenia o seu pênis e seu cérebro. A ideia é que ele o realoque em um de seus muitos herdeiros.

A trama teve movimentação e tomou quase todo o episódio, só que tivemos coisas interessantes, como Diane, Liz e Adrian querendo retomar a advocacia, mas perdendo muitas coisas, já que eles podem perder milhões se largarem Firth.

Essa vontade começou pela falta de liberdade deles, mas então veio a ordem deles mandarem 20% embora.

Este não seria o fim da temporada, mas a série teve que adiantá-lo, e infelizmente The Good Fight saiu perdendo, pois foi uma season finale adiantada e deixando a desejar.

Postagens relacionadas