Destaques Reviews Séries & TV 

The Boys | Crítica: No brutal e intenso começo da 2ª temporada, o bicho vai pegar…

The Boys sem dúvidas foi um dos carros-chefe para a popularização da Prime Video, assim como, as séries Fleabag e A Maravilhosa Sra. Maisel. Mas enquanto essas duas tiveram maiores projeções por conta dos prestígios de suas indicações nas principais premiações de TV americana, The Boys conseguiu agradar um público mais amplo: os fãs de mega produções de super-herói.

E ao mostrar um olhar novo e fora do habitual para o gênero, The Boys conquistou, claro, uma boa parte desses fãs que são bastante vocais nas redes sociais e em demostrar seu amor pela série. Mesmo que o impacto de sua primeira temporada tenha sido um pouco diluído pelo fato de estar em um serviço não tão conhecido, e por ter liberado todos os episódios de uma vez, lá em julho de 2019, agora The Boys retorna para seu segundo ano de uma nova forma: teremos episódios semanais lançados na plataforma, o que deve dar a chance para a série reunir seus fãs semanalmente, conseguir criar várias discussões ao longa da temporada, e claro, aumentar o hype ao longo de seus novos episódios.

E a pergunta que fica é… The Boys conseguiu manter o mesmo ritmo e o mesmo tom do primeiro ano? Claro!

A série retorna com o mesmo sentimento de sangue nos olhos, intensidade e brutalidade vista na primeira temporada. E pelo menos nos três primeiros episódios que o ArrobaNerd viu antecipadamente podemos dizer que a série faz mais uma continuação do que já vimos e isso apenas faz com que The Boys continue a ganhar pontos com sua trama ousada e bastante afiada. E para o segundo ano, as apostas são mais altas, as consequências muito mais sérias para os envolvidos, e que claro, fica nítido que nessa briga The Boys vs Super, o bicho vai pegar.

The Boys – 2ª temporada – Primeiras impressões
Foto: Amazon Prime Video

The Boys consegue continuar a trama vista na temporada anterior de uma forma super orgânica, onde agora vai a fundo em desenvolver, e aperfeiçoar, as histórias dos personagens que fomos apresentados lá no primeiro ano, e claro, ainda incluir novos membros nesta explosiva equação dos The Boys e os Super que fez tanto sucesso lá em 2019.

O novo ano já chega por nos dar as respostas que tanto aguardamos, mas vocês vão ter que esperar 4 de setembro, pois aqui, o nosso texto SEM SPOILERS senão a Amazon manda o Homelander na nossa cola. E falando nele, o personagem parece que continuará a manipular a situação para enfim conseguir a aprovação do governo americano para incluir os Super na linha de frente do exército americano.

No segundo ano de The Boys, o Superman do mal fará do seu jeito: Azul, vermelho e Homelander. E para isso, como pudemos ver nos trailers, teremos mais da participação de Stan Edgar (Giancarlo Esposito, super carismático e incrível no papel), um dos executivos do alto escalão da Vought Internacional que assume as operações da empresa após o “desaparecimento” de Madelyn Stillwell (Elisabeth Shue). E no time da Vought teremos outras novidades também, como a entrada da nova super-heróina com habilidades de comunicação em redes socais chamada Stormfront (Aya Cash, ótima) e que promete movimentar o time dos Sete, colocar mais uma mulher dentro da equipe de elite da empresa, mesmo que ela tenha uma agenda própria que iremos descobrir ao longo do segundo ano.

Mas estamos nos precipitando não é mesmo? Você quer saber o que aconteceu com o Homelander (Antony Starr), Billy Butcher (Karl Urban), Becca (Shantel VanSanten) e o garoto misterioso que apareceu no final da primeira temporada né? Pois bem, a resposta não vem logo de cara neste começo da 2ª temporada não, mas quando ela surge, é de fazer o queixo cair, e queremos que você tenha a mesma experiência que a gente teve. E não se preocupe os roteiristas tiraram uma solução que se encaixa perfeitamente para trama, e vai dar pano para manga para muitas situações tensas e desesperadoras ao longo dos novos episódios.

Homelander parece muito mais ameaçador nesse retorno de The Boys pelo fato de que as coisas que em jogo são muito maiores agora que seu plano está em prática, é como se o personagem tivesse a beira de um colapso mental, e está ainda mais instável do que no primeiro ano. E a atuação de Antony Starr continua excelente, onde o ator consegue transmitir toda essa aura de loucura de uma forma ainda bem bacana de se acompanhar. E claro, todos ainda parecem ainda pisar em ovos com ele, seja Starlight (Erin Moriarty) que parece que agora se viu realmente sozinha dentro do covil dos leões, mas que ao mesmo tempo não perdeu a vontade de querer fazer alguma coisa para mudar isso, e assume altos riscos no começo do novo ano.

E claro, The Deep (Chace Crawford) que tentará resolver seus problemas que foram escancarados na primeira temporada, e Queen Maeve (Dominique McElligott) que parece que finalmente um destaque maior nos novos episódios.

No brutal e intenso começo da 2ª temporada de The Boys o bicho vai pegar na guerra entre The Boys e os Super.
The Boys – 2ª temporada – Primeiras impressões
Foto: Amazon Prime Video

E como o nosso time dos garotos tem se virado depois de serem classificados como ameaça nacional após o desaparecimento de Stillwell? Escondidos claro, mas sempre tramando seu retorno. Na 2ª temporada de The Boys, a grande questão para Hughie (Jack Quaid), Mother’s Milk (Laz Alonso), Frenchie (Tomer Capon) e Kimiko, ou The Female (Karen Fukuhara) é se reagruparam, separarem mais informações que provem tudo aquilo que tem eles contra os Dupers e ainda tentarem ir em frente sem a presença de Billy Butcher. O personagem de Karl Urban – que continua sensacional – retorna no começo da segunda temporada? Sim. Mas é bem divertido veremos o grupo interagir sem ele num primeiro momento, e é como vermos as Spice Girls cantarem na cerimônia de encerramento do Jogos Olímpicos de Londres de 2012, mas com a cantora Victoria Beckham ali no cantinho lembram? Meio fora de sincronia…. no começo da 2ª temporada é igualzinho, eles estão ali, mas não estão efetivamente ali, sabe?

O grupo continua continua escondido, mas bolando formas de colaborar com a CIA e ainda tentar derrubar os Super e a Vought no processo… será que eles vão conseguir chegar perto? Talvez essa essa *a* grande pergunta da 2ª temporada de The Boys. Com a entrada de super-terroristas que são incluídos na história parece que o grupo de super-heróis vai ter um trabalho dobrado nessa segunda temporada.

Com uma terceira temporada já confirmada, The Boys tem a faca e o queijo na mão para ser, novamente, o mega hit. A Prime Video deve aproveitar que as opções no cinema estão escassas e fazer como que nosso vício em composto V, quer dizer em produções de super-heróis, seja resolvido. O novo, e agressivo, ano de The Boys promete uma aventura e tanto para estes personagens, que vocês mal podem esperar para assistir. 

The Boys chega em 4 de setembro na Prime Video com seus três primeiros episódios.

A série logo depois exibe, todas as sextas-feiras, 1 episódio por semana até o final de temporada em 9 de outubro.

Postagens relacionadas