Música Notícias 

Thalles, de As Five, lança single em português pela primeira vez: “Pode entrar na minha Angustifolia”

Imagine estar em um parque de diversões, entre altos e baixos de uma montanha russa em chamas. É quase como coexistir com os extremos das emoções durante dias de isolamento na pandemia, sensação nomeada por Thalles como Angustifolia. O lançamento do dia 17 de junho marca um novo momento, sendo a primeira vez que o artista lança uma canção inteiramente em português. Produzido por Lucas Silveira (Fresno), o single carrega uma certa melancolia, marca registrada da carreira musical de Thalles, com estilo indie rock e uma sonoridade ainda pouco explorada no indie brasileiro.

Estamos vivendo um momento distópico total, particularmente no Brasil. E é difícil não se relacionar e não se deixar afetar por isso. Todos os dias enfrentamos diferentes emoções individuais e estamos tentando lidar com essa roda gigante. Acredito que todos estamos vivendo essa oscilação emocional”, diz o artista.

O nome Angustifolia não veio à toa: a expressão marcou o artista após a leitura do livro Universo Paralelo de Palavras e Tripas, de Gabriel N. Andreolli. É também o nome de uma espécie de planta, conhecida popularmente como lavanda. Por suas propriedades calmantes, seu óleo essencial é utilizado justamente para terapias contra a insônia, depressão e ansiedade.

Angustifolia estará disponível no canal do artista em todos os aplicativos de música.

SOBRE THALLES

Thalles Cabral é ator, músico e compositor. Nascido em Porto Alegre/RS, o artista vive atualmente na cidade de São Paulo/SP. Na música, lançou em 2017 o seu álbum de estreia, Utopia, com 11 faixas autorais e produção assinada por Edu Malta, produtor indicado ao Grammy Latino. Cada uma das canções do disco formam uma história de um único universo narrativo com clipes que se relacionam entre si, dirigidos pelo próprio Thalles. Flertando com a genuidade dos anos 80, seu rock alternativo ecoa com sons metalizados e elementos eletrônicos, com a presença de instrumentos como charango, violino e quarteto de cordas. Seu último lançamento foi o EP Where Am I Going Now?, em 2020, com a perspectiva de uma juventude inquieta e insatisfeita que busca novos caminhos e respostas: “Para onde eu vou agora? Para onde nós vamos agora?”. 

O primeiro trabalho de Thalles no cinema foi com o filme Yonlu, com direção de Hique Montanari, que resultou no prêmio de Melhor Ator pelo New Renaissance Film Festival de Amsterdam, além de Prêmio Humanidade pela mensagem social que o filme possui. Thalles também foi premiado como Melhor Ator pelo Agenda Brasil, festival internacional de cinema brasileiro em Milão, na Itália. Seu trabalho mais recente no cinema é o papel como protagonista no filme brasileiro Ecos do Silêncio, produzido pela Asacine, que se passa em três países: Brasil, Argentina e Índia. Também integra o elenco do filme O homem cordial, dirigido por Iberê Carvalho, que estreou na mostra competitiva do 47º Festival de Cinema de Gramado, ainda sem previsão de estreia comercial.

Na TV ele faz parte do elenco do spin-off de Malhação: Viva a Diferença, As Five, série original Globoplay desenvolvida pelos Estúdios Globo. Também está em gravações da nova série original HBO, A Névoa, produção de suspense e mistério criada por Fábio Medonça e Antônio Tibau.