Críticas Destaques Filmes 

Death Note | Crítica

Criticado logo que foi anunciado, Death Note (2017) finalmente chegou neste último fim de semana no catálogo da Netflix, e o que todos os fãs do original japonês temiam, aconteceu da forma mais brutal possível: o nome Death Note foi escrito no próprio caderno. Dirigido por Adam Wingard, de Bruxa de Blair (2016) e do vindouro Godzilla vs. Kong (2020), o filme se mostra apressado, sem maiores explicações e com sequências que nos remete as mortes da cinessérie Premonição (2000), mas de qualidade muito mais duvidosa. O roteiro, escrito a…

Leia mais...