Filmes Notícias 

O mundo inteiro tem poderes menos um cara no novo filme da Warner Bros com direção de Jason Bateman

Um novo dia, um novo projeto lá na Warner Bros.

O estúdio comprou os direitos do livro Superworld, do autor Gus Krieger, e que foi lançado agora em 2020. Na trama, toda a população do mundo tem algum tipo de super-poder, menos um cara.

Jason Bateman deverá dirigir o filme, e Mark Perez deverá adaptar o roteiro. Via THR. A dupla se reune novamente com a produtora New Line, o braço da Warner Bros, que lançou o filme A Noite do Jogo.

Nomes para o elenco não foram anunciados. Superworld não tem previsão de estreia.

Confira sinopse do livro, que foi lançado no formato de audio-book, abaixo:

Terra, 2038. Cada homem, mulher e criança no planeta tem um dom único: uma habilidade extraordinária sobre-humana.

Todos, exceto um.

E ele pode ser a única esperança da civilização.  

Ignatius Lohman deseja deixar sua marca no mundo e ser alguém. Mas em um mundo povoado inteiramente por seres superpoderosos, ele não é nada além de um civil impotente que tem um emprego qualquer. A situação de Iggy só complica pelo fato de que seu pai, o general Lancelot Lohman, da agência de defesa PEERLESS, ser um dos homens mais poderosos do planeta.

Então, de repente e inesperadamente, Iggy se encontra na mira de Erle P. Van Owen, um executivo megalomaníaco com a capacidade surpreendente de neutralizar qualquer super poder. Van Owen é aparentemente invencível. Mas ele não contava com isso: se ele pode derrotar sem esforço qualquer um com habilidades sobre-humanas, como ele se sairá contra a única pessoa sem nenhum poder? Assim, junto com seu pai e seus aliados na PEERLESS, Iggy deve encontrar uma maneira de salvar as Nações Unidas da Terra. E talvez, com um pouco de sorte, acabar por se encontrar no meio do caminho.

Postagens relacionadas