StargirlReviews Séries & TV 

Stargirl | 1×01-02 – Pilot / S.T.R.I.P.E.

E Stargirl chegou para dar um novo fôlego ao gênero de super-heróis e foi uma surpresa e tanto.

A série é leve, sua protagonista interpretada por Brec Bassinger é espirituosa, mas o melhor é que a Sociedade da Justiça da América está em peso aparecendo ou sendo citadas… Assim como seus vilões da Sociedade da Injustiça da América.

Stargirl é baseada na personagem criada por Geoff Johns e Lee Moder e que fez sua primeira aparição em Stars and STRIPE #0, e é baseada na irmã de Johns, que faleceu em 1996. Courtney Whitmore é espirituosa e alegre,

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Logo no episódio 1×01 – Pilot temos a Sociedade da Justiça sendo arrasada pela Sociedade da Injustiça, e é ali que temos Starman sendo assassinado pro Geada. Pat acaba se tornando responsável em guardar o Cajado Cósmico e assim ele desaparece por vários anos. A cena da batalha é sensacional como Homem-Hora, Pantera, Doutor Meia-Noite e Starman lutando contra Onda Mental, Mago, Solomon Grundy, Jogador, entre outros..

Stargirl

Com a passagem de tempo vemos que Courtney e Barbara com o desaparecimento do patriarca da família bem quando Starman desaparece, o que no futuro faz Courtney pensar que o herói e seu pai, ainda mais que seu cajado é acionado por ela. A evolução para isso é sensacional.

Barbara conhece Pat em Blue Valley e dois anos depois eles se casam e resolvem voltar para a pacata cidade, onde ele vê que há trabalho da Sociedade da Injustiça, mas também é onde sua esposa cresceu.

A série então mostra muito das séries adolescentes, com Courtney sendo a deslocada do local, mesmo podendo ser líder de torcida, só que ela não quer uma vez que seu sonho é ser ginasta. Ela então não se dá bem com as famosas do colégio e começa a ter amizades com os “perdedores”.

Stargirl

Só que o episódio então foca na origem da Stargirl, com Courtney usando o cajado contra o filho do Onda Mental, Henry King Jr, e que faz seu pai saber do cajado na cidade. Pat então começa a orientar a garota e também acaba tirando da garagem o STRIPE (FAIXA em português), seu robô gigante.

Em 1×02 – STRIPE vemos ele tentando dominar o robô e controlar melhor seus movimentos, enquanto precisa ajudar Courtney a lidar com o cajado em meio a uma batalha contra Onda Mental. A luta é interessante, mas o que vemos é a garota ter uma conexão tão forte com o cajado que eles derrubam o Onda Mental, causando um choque em sua mente.

Stargirl

Como forma inicial, o episódio é de apresentação, mostrando bastante de Courtney como adolescente, mas também como heroína em treinamento. É engraçado como ela chama Pat de “ajudante”, sendo que ele sempre foi deixado dessa forma por Starman.

Mike, filho de Pat, precisa ser melhor trabalhado, assim como Barbara, que mesmo tendo bons momentos, ainda está se situando a cidade.

Vai ser interessante ver mais dos vilões e a montagem da Nova Sociedade da Justiça, já que é prometido novos heróis renegados surgindo para proteger Blue Ville.

Stargirl

Stargirl é um novo ar as séries de heróis, sendo mais leve, sabendo ser mais obscura nos momentos certos. Ela não faz parte do Arrowverse como conhecemos, ela tem a identidade separada disso, se passando em outra terra, a Terra-2, assim como Titãs, Patrulha do Destino, e as outras séries foram devidamente isoladas após a Crise nas Infinitas Terras.

Acho que de certa forma isso é bem interessante, pois eles tem maiores liberdades de desenvolver qualquer formato dos heróis da Sociedade da Justiça, como um próprio Flash, assim como Lanterna Verde, Gavião-Negro, Mulher-Gavião, entre outros…

Vamos ficar de olho em Stargirl.

Postagens relacionadas