O Noviço RebeldeCríticas Filmes 

O Noviço Rebelde | Crítica #TBT: Sandy & Junior encantam em longa com Renato Aragão

O ano é 1997, quando os cinemas brasileiros estreiam o filme O Noviço Rebelde.

Com produção e roteiro de Renato Aragão, o longa conta a história de um noviço do interior do Ceará que foge da sua cidade para trabalhar no Rio de Janeiro, na casa de um homem muito poderoso financeiramente.

Dr. Felipe (Tony Ramos) é viúvo e pai de cinco filhos. Dois deles são interpretados pelos irmãos mais queridos do Brasil, Sandy & Junior
no papel de Márcia e Junior.

Didi (Aragão), após ganhar confiança do patrão, pede uma ajudante para cuidar das crianças. Maria do Céu (Patrícia Pillar), amiga e uma paixão platônica de Didi se muda para a mansão e se apaixona pelo patrão, o pai das crianças.

A história é como qualquer filme dos trabalhões, mas, um ótimo filme para crianças, pois tem Sandy e Junior no elenco, e eles cantam em algumas cenas do filme, como Beijo é Bom, quando eles estão no Beach Park devido uma viagem de férias.

Chegando em Fortaleza eles decidem participar de um concurso que está acontecendo no parque para ajudar Didi com o prêmio para doar a igreja de sua cidade que foi destruída devido um temporal.

Além das participações de Sandy & Junior, o filme conta com Gugu Liberato, Marcelo Augusto e Chitãozinho & Xororó no elenco.

O filme dirigido por Tizuka Iamazaki (Lua de Cristal), chegou a marca de 1.214.163 espectadores, e está na lista de filmes brasileiros com mais de um milhão de espectadores.

O Noviço Rebelde voltou a ser comentado nos últimos dias por conta do especial Sandy & Júnior: A História, disponível no Globoplay, onde conhecemos ainda mais a vida da dupla jovem mais querida do país.

Postagens relacionadas