o balde vazioLiteratura Resenhas 

O Balde Vazio | Resenha: Com uma bonita moral, livro busca falar de perseverança e empatia

Dentro da DarkSide Books há o selo Caveirinhas, que acolhe projetos para o público infanto-juvenil, e é o caso de O Balde Vazio. O livro é do autor Wesley Rodrigues e traz uma trama importante sobre perseverança, empatia e conhecimento.

Focado na vivência do Balde e seu amigo Vento, o livro parece caminhar para algo bem lúdico dentro dessa amizade, até que cai para o Balde se tornar o ninho de Amnésia e Tristão, mas com uma virada abrupta do Vento, que irritado com tanta maldade no mundo, faz o balde voar para longe com os passarrinhos.

A medida que você lê o livro, a impressão que dá é de que teremos um fim trágico para mostrar algo a ser superado, mas Rodrigues acaba fazendo a narrativa da jornada de Amnésia e Tristão como algo que sempre teremos empecilhos e pessoas que serão ou negativas, ou positivas em seu caminho.

O que O Balde Vazio acaba nos entregando é uma história de conhecimento, aprender a não desistir na primeira tentativa, ter mais empatia e não se deixar levar por palavras negativas.

O Balde e o Vazio tem belíssimas artes de Rodrigues, que ganhou o prêmio de Melhor Direção de Arte e Trilha Sonora no Festival de Gramado de 2017 com O Violeiro Fantasma.

FICHA TÉCNICA

Título: O Balde Vazio
Autores: Wesley Rodrigues
Editora: DarkSide Books – Caveirinhas
Gênero:
 Fantasia
Páginas: 48
Formato: 21 x 30,4 x 1 cm
ISBN: 978-85-945-4202-1

Postagens relacionadas