Notícias Séries & TV 

Netflix volta atrás e cancela Glow; série não terá sua 4ª e última temporada

Fim da linha para as G.L.O.W.!

Depois de renovar a série Glow para uma 4ª e última temporada, a Netflix anunciou hoje (5) que a série foi cancelada.

Por conta das dificuldades do coronavírus, o serviço de streaming optou por não continuar com a pré-produção da série. Assim, Glow termina com um final em aberto. As informações são do Deadline.

A série começou as gravações do seu último ano em março, mas a produção foi paralisada por conta do coronavírus. A publicação afirma que eles conseguiram gravar apenas 1 episódio do quarto ano. A publicação afirma também que todos os envolvidos foram pagos por seus trabalhos na quarta temporada como um todo.

A produção da série ficou cara, ainda mais por ter um elenco grande, e se tratar de uma série com um grande contato entre seus atores.

As incertezas por conta do coronavírus aumentaram a preocupação da produção, juntamente com o fato que a janela entre a terceira temporada e a última ficaria muito grande e a Netflix achou que o público não estaria mais interessado na série quando ela chegasse talvez só em 2022.

Em GLOW, Ruth Wilder (Alison Brie) é uma atriz desempregada e batalhadora em Los Angeles nos anos 80, que encontra sua última chance de virar estrela ao entrar de cabeça no mundo do glitter e dos colãs da luta livre de mulheres.

Além de trabalhar com 12 mulheres excêntricas de Hollywood, Ruth precisa competir com Debbie Eagan (Betty Gilpin), uma ex-atriz de novelas que deixou sua carreira de lado para ser mãe. Mas ela volta ao trabalho quando percebe que sua vidinha perfeita não era bem o que parecia ser.

Dirigindo todas elas está Sam Sylvia (Marc Maron), um diretor de filmes de segunda categoria, acabado e viciado em cocaína, que agora precisa liderar 14 mulheres em uma jornada rumo ao estrelato da luta livre.

As três primeiras temporadas de GLOW  estão disponíveis na Netflix.

Postagens relacionadas