Agents of S.H.I.E.L.D.Destaques Reviews Séries & TV 

Marvel – Agents of S.H.I.E.L.D. | 7×12-13 – The End is at Hand / What We’re Fighting For [Series Finale]

Marvel – Agents of S.H.I.E.L.D. finalmente chega ao seu fim, mas de forma certeira, sem interromper suas tramas e ainda levando a série a um patamar incrível. A Marvel TV encerra suas atividades com essa temporada final que honrou todos os anos de Marvel – Agents of S.H.I.E.L.D. e seus personagens, sempre fazendo menções ao MCU da Marvel Studios, mas se mantendo fiel ao que propôs para si.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Em The End is at Hand nossos queridos personagens vem a SHIELD ser destroçada, destruída em todos os níveis, sobrando apenas dois lugares: o bar de Nova York e o Farol, que tem defesas fortes o suficiente para aguentar as ações dos Chronicoms.

O fim do Farol só acontece quando Garrett invade o local com os poderes de Gordon e implanta algumas Chronobombs, mas ele é pego por May e Yoyo, precisando que Nathaniel aumente o tempo das bombas, mas ele se recusa. Garrett é quem acaba levando Coulson, May e Yoyo para o bar após o chamado 0-8-4 ser acionado. Mas ele morre com um tiro certeiro.

Na nave dos Chronicoms Nathaniel está ansioso para ser o tirano da Terra e acha que eles o ajudaram no que for preciso, mas Sybil nunca conta o destino dele para ele. Kora quase é morta depois de conversar com Daisy e entender que as coisas não são totalmente como ela pensava, e questiona Nathaniel da morte de sua mãe, Jiaying, mas ele acaba ordenando que pegue o poder dela para ele.

Todos os Agentes conseguem escapar da nave Chronicom e chegam ao bar em Nova York, mas Simmons é quem está mais perdida, pois Sybil implantou nela um inibidor de memória que a faz ficar perdida dentro de si, tendo poucos lembretes.

No bar eles encontram outros agentes que também foram convocados e ela monta o que pode ser a arma que os salvarão, e é essa arma que traz Fitz para perto deles.

Agents of S.H.I.E.L.D.

Aí em What We’re Fighting For descobrimos que ele viajou para a linha do tempo dele usando o Reino Quântico, visto em Homem-Formiga e a Vespa e também em Vingadores: Ultimato. Ele então explica tudo o que houve para eles chegarem até ali, os planos que levou colocar Piper e Flint na frente da cabine deles e viajarem pelo tempo para montar a máquina com ajuda de Enoch.

Quando Marvel – Agents of S.H.I.E.L.D. resolve explicar suas viagens e colocando tudo em ordem, a série vai muito bem, mas infelizmente ressalta a falta que Fitz fez durante toda a temporada, para aparecer intensamente em apenas 1 episódio.

A ideia de ter o poder de Kora para realinhar com ajuda de May, as ordens dos Chronicoms que estavam para invadir o Farol, foi sensacional, enquanto isso Daisy teve uma luta ótima com Nathaniel, este de posse do poder dela e de sua irmã. Daisy deixa claro que vale muito a pena lutar pela família, e Kora a salva quando todos pensavam que estava morta.

Agents of S.H.I.E.L.D.

A evolução do episódio é todo focado em decisões, como a de Deke em ficar na linha do tempo em que estavam para liderar aquela versão da SHIELD, e com todos prometendo que um dia irão se reencontrar. É aí que descobrimos que durante a viagem de Fitz e Simmons eles tiveram a filha Alya, que estava sendo protegida por Piper e Flint, sem que eles soubessem da presença dela em um compartimento do outro lado da cápsula.

Agents of S.H.I.E.L.D.

Ao salvarem a Terra e mostrar que tudo foi decisão muito bem pensada, inclusive o míssil lançado contra o templo de Izel, a série encerra de forma extraordinária, inclusive com um último encontro da equipe um ano depois de tudo isso.

É muito legal vê-los juntos e descobrir o destino de cada um…

Mack continua como diretor e ordenando o Triskelion em uma missão na Rússia. Yoyo está como líder em uma equipe ao lado de Piper. May virou instrutora na Coulson Academy, o local de estudos de novos agentes e ela está sendo mentora de Flint.

Daisy está em uma viagem pelo espaço ao lado de Daniel, com quem está tendo uma vida amorosa, e conhecendo mais de Kora, sua irmã, onde todos tem noção de familia

Por fim o personagem mais importante do MCU e de Marvel – Agents of S.H.I.E.L.D., Coulson, que segue de férias e curtindo o que pode do mundo. Coulson (Clark Gregg) teve seu papel fundamental para abrir os olhos de Thor em Vingadores e desde sua ressurreição na série, levou o espírito de união para ela e fez a série ser o que é.

Marvel – Agents of S.H.I.E.L.D. deixará saudade e fico realmente contente que a série tenha finalizado de forma tão extraordinária, sem se perder em suas tramas e enaltecendo cada um de seus personagens. Foram 7 temporadas com inúmeros arcos que ficarão na memória.

E aí, o que acharam da evolução de Marvel – Agents of S.H.I.E.L.D.?

Postagens relacionadas