Agents of S.H.I.E.L.D.Reviews Séries & TV 

Marvel – Agents of S.H.I.E.L.D. | 7×09 – As I Have Always Been

Como toda série de ficção científica, nada como um episódio com um loop temporal e seus personagens revivendo os mesmos momentos pelos 40 e poucos minutos do mesmo, e nesta temporada Marvel – Agents of S.H.I.E.L.D. não poderia ser diferente.

Presos no vórtex temporal, a Zephyr estava caminhando para se auto destruir e somente Daisy e Coulson estavam liberados a entender o que acontecia a cada salto mais curto, já que estavam presos em uma câmara de sono. Com isso, Daisy tinha que entender todos os riscos para salvar os amigos do fim de tudo.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio/série. Continue a ler por sua conta e risco.

Foi um episódio mais para compreender cada um dentro da Zephyr, somado ainda a um estilo Agatha Christie para descobrir quem estava a sabotar toda a nave a cada salto. E a descoberta foi interessante dentro do contexto da série, mas ainda nos deixa intrigados com o destino de Fitz…

Em um dos saltos vemos que toda vez que chegam em Simmons e ela comenta em ter as ideias de Fitz, ela, Daisy, ou outra pessoa acaba sendo mortos de formas misteriosas e temos o salto temporal novamente. A questão é quem estava fazendo isso?

Coulson não conseguia se lembrar e junto de Daisy acabaram chegando a uma única pessoa: Enoch. Foi aí que eles descobriram que o Chronicom foi reprogramado para matar quem tentasse chegar próximo da verdade sobre o paradeiro de Fitz, nem que fosse a própria Simmons quem tentasse.

Sabendo que precisavam de alguma ideia, foi interessante ver que ninguém conseguia derrotar Enoch, e teve uma das passagens que ele sozinho derrubou Coulson, May, Daisy, Simmons, Mack, Yoyo e ainda matou Deke. No fim descobriram como fazer parar os saltos da nave: com um sacríficio.

Enoch entende que seu coração pode corrigir o aparelho e sem pensar duas vezes ele o retira. A série nos presenteia então com um dos momentos mais intensos para um personagem. O ator Joel Stoffer encheu de emoção a despedida de Enoch, e ainda alertou que nada é para sempre, tudo pode terminar, de alguma forma, e que mesmo uma grande equipe pode se dissolver, e que Daisy irá aprender muito, falando sobre o destino da personagem.

Marvel – Agents of S.H.I.E.L.D. então se prepara para voltar as suas viagens temporais, mas faltando 4 episódios para o seu fim, fico esperando que a série encerre com a qualidade que apresentou nessa temporada e ainda traga mais novidades para os próximos episódios.

Vale ressaltar que este episódio foi dirigido pela atriz Elizabeth Henstridge, nossa querida Jemma Simmons.

Postagens relacionadas