Destaques Reviews Séries & TV 

Loki | 1×06 – Por Todo Tempo. Sempre: “Somos todos vilões aqui!”

Uau! Loki realmente entregou um final de temporada digno de um final de filme da Marvel Studios. Aqui, vemos que as “ramificações” para a trama não só da série quando do MCU devem ser sentidas. 

E finalmente uma produção do streaming que deve afetar diretamente o Universo (ou seria agora o Multiverso) da Marvel Studios nos cinemas.

Por Todo Tempo. Sempre. Loki se mostra um dos personagens mais interessantes e importantes do MCU e um dos brinquedos favoritos do Aquele Que Permanece, quer dizer Kevin Feige, quer dizer a figura misteriosa que conhecemos no episódio final da primeira temporada.

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio/série. Continue a ler por sua conta e risco.

ARC-106-18739_R2.jpg
Foto: Marvel Studios

E finalmente conseguimos dar uma olhada no que existe atrás da cortina…. de fumaça e no castelo que Loki e Sylvie encontram. Quem será que estará lá? A resposta veio até que rápida durante o começo do episódio e não poderia ser mais impactante (mesmo que talvez um dos segredos mais mal guardados do MCU). Ao adentrarem no Covil do vilão, chamado de A Cidadela do Fim dos Tempos, a nossa dupla dá de cara com a Miss Minute em pessoa…. em holograma. 

Mas ela é apenas um aperitivo para o que vem aí por aí. O homem por trás da cortina, a lenda, ele. O Homem de Roxo. A presença do ator Jonathan Majors finalmente nos é agraciada onde sabemos quem ele é nos quadrinhos (Kang, O Conquistador), mas não exatamente qual das variantes que ele é. Aqui, a figura sem nome, mas extremamente carismática que Majors (indicado ao Emmy no dia anterior da exibição do episódio, vale lembrar) se apresenta é uma que tanto nós os espectadores e os Loki devemos ficar em alerta, será que ele está mesmo falando a verdade?

A apresentação de Major ao MCU, e sua performance maravilhosa, aliado com a atuação mais uma vez certeira de Tom Hiddleston e Sophia Di Martino deixam o final de temporada com um sabor muito especial, afinal a hora final de Loki foi de ficarmos na ponta do nosso sofá (onde seja lá da onde você assiste seus episódios) para saber o que ia acontecer e como. Afinal, o personagem de Major sabia todos os movimentos de Loki e Sylvie, e o que a dupla iria fazer, claro até certo ponto. Depois foi caos e imprevisibilidade. Mas como todos eles são vilões (como afirmou o próprio personagem de Major) isso já era de se esperar certo?

Loki talvez entregue aqui seu episódio mais robusto, tanto em mitologia quanto em atuações, onde realmente todo mundo está muito bem obrigado. A explicação sobre a Guerra Multiversal abre infinitas possibilidades não só para a série como para todo MCU, afinal, com certeza no futuro veremos várias versões de vários personagens em vários universos circulando por aí. E com a linha do tempo “sagrada” ameaçada, como  será que os personagens, e a TVA vão lidar com isso?

TVA aliás que tem o retorno de Mobius (Owen Wilson) que finalmente pode colocar a Juíza Renslayer (Gugu Mbatha-Raw, ótima) contra a parede. O que será que a personagem trama? Mas finalmente descobrimos o significado da caneta misteriosa sim graças a Caçadora B-15 (Wunmi Mosaku).

No final, Loki realmente se consagra com o verdadeiro ponto de início para a Fase 4 que realmente vai abraçar a questão do multiverso e deverá ter conexões com Doutor Estranho 2 (2022) que parece ser o grande próximo grande evento da Marvel Studios nos cinemas, um tipo de Capitão América: Guerra Civil (2016) só que com várias interações de vários personagens. Empolgados? 

Loki tem todos seus episódios liberados no Disney+ .