Reviews Séries & TV 

Homeland | 8×07-08 – F**ker Shot Me / Threnody(s)

O que eu adoro nas séries da Showtime são esses arcos que iniciam e se encerram em partes a cada 4 episódios, Homeland começou a se desenvolver, teve uma reviravolta no final do 4º episódio e agora nos episódios 7 e 8 novamente vemos tudo mudar e ditar outra direção para o desenrolar das tramas da série.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Carrie pode até estar sendo enganada por Yevgeny, mas até aqui ele deu a ela tudo o que queria, mesmo com ela escondendo até o último segundo que sabe para onde está indo a caixa-preta do helicóptero dos presidentes mortos. Sua lealdade a Max foi até o último instante, mostrando sua força e como ela presa por todas as pessoas com quem está envolvida, mesmo que um agente russo.

Saul conseguiria tirá-la de forma interessante e realocá-la no caso da morte de Warner e Daoud, mas o exército não a deixaria subir sem ser algemada no helicóptero de resgate, então ela foge com Yevgeny e conta sobre a caixa-preta.

Os dois espiódios focam na busca por Haqqani e como convencer G’ulom e Ben a não piorar a relação dos países declarando guerra contra o Talibã sem saber se foram eles quem derrubaram o helicóptero, mas ambos estão dispostos a acabar com o poder do Talibã e contam a sua verdade.

O problema é que dentro do gabinete de Ben tem John Zabel, que vem para substituir David, mas ele não tem conhecimento nenhum de guerra e age no impulso, colocando tudo a perder, mesmo que David queira colocar panos frios na situação.

Quando Ben vai fazer um discurso sobre a morte de Haqqani, John consegue um vídeo de Jamal falando da morte do pai, de como ele mesmo levando tiros ainda se levantou para mais um suspiro, conseguindo assim a liderança do Talibã, o problema é que no vídeo ele assume a queda do avião, o que é mentira.

No fim do episódio, mesmo com Saul e Tasneem lutando para conseguir tirar todos os problemas de cima do Talibã e evitar algo pior, John consegue fazer Ben fazer um discurso que coloca Paquistaõ e Afeganistão a um passo da guerra se não entregarem Jamal.

Homeland mais uma vez deixa tudo à flor da pele, seja na relação política, seja na relação com Carrie, e para a última temporada, a série está se desenvolvendo de forma sensacional.

Postagens relacionadas