Destaques Reviews Séries & TV 

Gavião Arqueiro | Review: 1×05 – Ronin

Sim, o passado pode machucar. Mas, do modo como vejo, você pode fugir dele ou aprender com ele”, já dizia o sábio Rafiki em O Rei Leão e a palavra passado é o que define esse episódio 5 de Gavião Arqueiro. Um bom episódio e que prepara o terreno para um final de temporada movimentado e quem sabe para o futuro da série e desses personagens dentro do MCU.

E tem muita coisa boa para falarmos aqui. Num pulo de um flecha, logo após a imagem e o alerta de spoilers.

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos da série/filme. Continue a ler por sua conta e risco.

O episódio serviu para nos aprofundarmos em quem é (e de certa forma introduzir a audiência que não a conhecia ainda) Yelena Belova, onde aqui a Marvel Studios te obriga a assistir Viúva Negra (se você ainda não viu, claro!) e descobrimos mais sobre o passado da personagem que foi introduzida no filme solo da Vingadora falecida, descobrimos o que ela fazia antes do blip e um pouco da linha do tempo da personagem dentro do MCU.

Viúva Negra | Crítica: Natasha enfrenta o passado em um incrível e divertido longa de ação

Assim, Gavião Arqueiro nos leva para cenas do passado para nos mostrar como esses momentos influenciam a situação do presente, tanto com a volta de Ronin (e que dá o título para o episódio), para a volta de Yelena, e também, de outras surpresinhas que o episódio reserva. 

A busca de Yelena por Clint ainda está motivada pelos acontecimentos da cena pós-crédito de Viúva Negra onde tivemos a participação mais uma vez de Julia Louis-Dreyfus como Valentina Allegra de Fontaine (me pergunto se a personagem vai aparecer também em Gavião Arqueiro no final de temporada) e no episódio da semana do seriado, vemos que depois da briga no telhado (para mim o ponto alta da temporada até agora), Yelena meio que colocou as cartas na mesa para Kate, Kate Bishop segundo ela, durante um bate-papo ao mesmo tempo desconfortável, mas muito engraçado.

Tanto Florence Pugh quanto Hailee Steinfeld estavam muito bem nas cenas, e na discussão que envolvia macarrão com queijo e molho picante. Foi uma daquelas discussões que mostram uma batalha e um jogo de poder, onde as cartas eram jogadas na mesa e cada um mostrava até onde iria. E as duas atrizes mandaram muito bem, mal posso esperar para uma outra interação desse tipo e Jovens Vingadores podem recrutar a Viúva Negra sim. Mas se bem que Yelena tem cara para estar em outro time que a Marvel vem cozinhando já algum tempo, os Thunderbolts. E a discussão entre as duas nos levará para outra coisa que se desenrola lá para os momentos finais, mas já já chegamos lá e voltamos a falar disso.

Outro destaque do episódio foi que realmente o tal relógio misterioso voltou a ser citado, juntamente com a sua importância. A personagem de Linda Cardellini voltou e parece que o tal objeto tem mesmo uma grande função na trama que ainda não conhecemos, mas parece dar suas pistas sim. E quem sabe Laura realmente não era uma agente anteriormente, quem sabe até da SHIELD?

E isso traz de volta a figura de Ronin, o Ronin Ronin mesmo e não nenhum imitador. Clint marca um encontro com Maya (alguém mais acha que as pessoas vão aparecer sozinhas nesses tipos de encontros? Vamos lá!!). A cena de ação do episódio fica ali, no combate entre os dois e que é bem mão a mão como vimos nos últimos episódios da série. Clint finalmente conta para Maya o que aconteceu naquela noite, o que deixa a personagem com a pulga atrás da orelha sobre seu colega na Máfia do Agasalho e seu chefe, que no final, é mesmo o seu Tio que fomos introduzidos alguns episódios atrás.

E olha só, parece que o tal Tio vai ser apresentado, em partes mesmo. Primeiro a mão e agora a cabeça em uma foto de qualidade duvidosa. O retorno de Vincent D’Onofrio como Rei do Crime já foi muito debatido, rumorizado, e o ator até usou as redes sociais para brincar com a situação, mas será que agora vem mesmo? É o último episódio da temporada, gente! 

E além de termos a revelação que o Rei do Crime realmente está por trás de tudo, tivemos também a prisão de Jack por conta do nome dele estar ligado a uma empresa de fachada que lavava dinheiro para a Máfia dos Agasalhos e que ainda Eleanor era a pessoa que ia se encontrar com o personagem. Além disso, não achou que as atitudes de Eleanor eram muito suspeitas?  

Vamos ver o que o episódio final nos apresenta e quais outras surpresas nos esperam.

Gavião Arqueiro exibe seus episódios todas às quartas-feiras no Disney+.