Reviews Séries & TV 

Evil | 1×13 – Book 27 [Season Finale]

Chegamos ao final dessa temporada delícia de Evil! Mais uma vez o casal King acertaram em cheio no drama e ainda mais, no mistério… Essa brincadeira com o sobrenatural ficou muito boa e o final, que choque!!! Surpreso e ansioso para o que devemos esperar para o próximo ano…

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio/série. Continue a ler por sua conta e risco.

Quando David, Ben e Kristen precisam lidar com o exorcismo de uma mulher grávida de gêmeos, o mal realmente passa a fazer parte da série, mas o pior é que Kristen já esteve à frente de Baphomet…

O início do episódio com Kristen enfrentando e matando George, ou superando o sonho bizarro com Lexis sangrando em sua cama, para depois dar de cara com Baphomet, não imaginava que a série teria um caminho tortuoso para ela nessa reta final…

A mulher, que viu a menina gêmea sumir de sua barriga e o seu menino, que ela jurava estar possuído, tendo vários problemas. O que ela começa a gritar deixa todos malucos, pois ela deixa claro que seu filho comeu a irmã.

O pior foi que a inseminação dela foi feita na mesma clínica que Kristen fez a inseminação de Lexis… Então vemos a garota sofrendo perda de memória e todos ligando que a clínica é um lugar onde eles semeiam o mal para as próximas gerações… É dali que saiu o garoto que queria matar sua irmã e acabou sendo morto pelos pais.

A série consegue nos envolver nesses dramas e nos deixar envolvidos com tudo o que acontece. A relação de Sherryl com Kristen está detonada, ainda mais com a descoberta de que sua mãe foi pedida em casamento por Leland. Queria muito ver o que ele iria achar com a reviravolta de Kristen…

Quando ela viu o exorcismo da mulher, ela descobriu por David a história de que o crucifixo daria problemas, e o que vemos no final? Ela tentando superar a história de Lexis e pegando um crucifixo que foi lhe dado no início da temporada, e quando ela olha as mãos, lá está a marca queimada…

Já imaginando Evil colocando Kristen prossuída de alguma forma, ainda mais com o sumiço dela, o sangue nas pernas e a morte do serial killer do início da temporada.

Será um retorno muito esperado… A 2ª temporada de Evil promete demais e não posso estar mais feliz com o caminho que foi trilhado. Katja Herbers manteve a série muito bem, assim como Mike Colter e seu padre sério e cheio de mistério, mas também amei o trabalho de Aasif Mandvi e o de Christine Lahti, e não tenho palavras para o sempre incrível Michael Emerson.

Postagens relacionadas