Filmes Notícias 

Drama premiado Meio Irmão chega aos cinemas dia 5 de março

Depois de percorrer e vencer festivais entre os quais a 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, o longa-metragem Meio Irmão da diretora Eliane Coster, estreia dia 5 de março nos cinemas. O drama constrói um retrato da classe média baixa na capital paulista ao mostrar o enfrentamento da falta de dinheiro, de liberdade, de respeito e de espaços, como acontece nas periferias de toda grande cidade.

Confira o trailer:

Em Meio Irmão conhecemos Sandra, que tem dezesseis anos. Sua mãe está desaparecida há dias. Desorientada e sem dinheiro, ela se vê obrigada a procurar seu meio irmão Jorge, com quem tem pouco contato. Porém, no momento em que Sandra o procura, ele está diante de uma situação difícil: Jorge gravou com seu celular, uma agressão homofóbica a um casal de namorados, acreditando não ter sido visto. No entanto, dias depois ele passa a sofrer ameaças para não divulgar as imagens. Nesta jornada Sandra e Jorge enfrentam seus terrores e resgatam um afeto que havia se perdido.

Segundo a diretora, o filme surgiu de uma indagação sobre a mudança de comportamento dos jovens da última década. “Diferente das gerações anteriores que conquistaram e viveram ao menos a esperança de um mundo produtivo e mais justo, o que se percebe agora é que para esta juventude que cresce nas cidades gigantescas dos países em desenvolvimento, o papel de peça na engrenagem do consumo e na mídia, tornou-se evidente e cada vez mais difícil de escapar”, explica.

No longa-metragem as ações dos personagens reverberam esta situação e os sentimentos que ela suscita: medo, angústia e vulnerabilidade, mas também compaixão, desejo e lucidez, complementa Eliane Coster.

Prêmios

Meio Irmão foi exibido na 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e eleito pelo público o Melhor Filme Brasileiro de Ficção. “A premiação da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo é importantíssima, pois apoia e fortalece um cinema plural. E o enorme público que a Mostra atrai é um termômetro da necessidade que temos de mais filmes com diferentes visões da nossa sociedade”, analisa a diretora.

Meio Irmão também levou o Prêmio da ABRACCINE – “Melhor Filme Brasileiro de Diretor Estreante”. O longa venceu ainda dois prêmios e recebeu a Menção Honrosa no 6º Festival de Cinema de Caruaru em 2019. Diego Avelino foi consagrado como Melhor Ator, Cleisson Vidal foi reconhecido pela Melhor Fotografia e Natália Molina recebeu a Menção Honrosa como “Atriz Revelação”.

Já no X Festival Internacional de Cinema da Fronteira ano passado, Natália Molina venceu como “Melhor Atriz”.

Meio Irmão é uma produção da Oka Comunicações, Periscópio Filmes e Roberto Eiti Produções com a distribuição da O2 Play.

Meio Irmão chega aos cinemas no dia 5 de março.

Postagens relacionadas