Artigos Documentários Filmes 

Documentários no Disney+ para conhecer os bastidores das animações do estúdio

Com a chegada do Disney+ no Brasil, além de todos os filmes no catálogo da empresa, desde de Disney, Pixar, Star Wars, e Marvel tivemos também a chegada de vários documentários dos bastidores da Disney como empresa, e de como as animações principalmente foram feitas.

Assim, separamos 3 programas disponíveis no catálogo.

Howard – Sons de Um Gênio

O'Hara, Paige; Ashman, Howard
Howard Ashman e a atriz Paige O’ Hara nas gravações de A Pequena Sereia
Foto: Disney Company

Com direção de Don Hahn, o documentário Howard – Sons de Um Gênio é um mix de biografia e bastidores da Disney Animation. Com quase 2 horas, vamos conhecer mais sobre a vida de Howard Ashman, o compositor dos grandes sucessos animados do estúdio como Aladdin (1992), A Bela e A Fera (1991) e A Pequena Sereia (1989).

Assim, acompanhamos a trajetória de Ashman desde de sua infância até conquistar sucesso Hollywood no estúdio. Vemos a história do compositor através de cenas antigas nunca vistas antes, entrevistas com parentes e amigos e que contam a história do garoto tímido de Baltimore que foi adolescente para Nova York estudar teatro, e quando adulto escreveu e dirigiu o musical A Pequena Loja de Horrores com músicas de Alan Menken

A peça estreou na Broadway em 1982, e depois ganhou uma adaptação para os cinemas em 1986 com os atores Rick Moranis, Ellen Greene, Vincent Gardenia e Steve Martin no elenco.

Depois de trabalhar na cidade e tentar emplacar o musical Smile, ele se decepcionou o mundinho do teatro e partiu para Los Angeles. Em 1986, ele começou a trabalhar na Disney na produção da animação Oliver e sua Turma (1988). Ele foi responsável pela música Once Upon A Time In New York City.

Logo em seguida, voltou a trabalhar com Menken em um projeto para Disney sobre uma sereia que parte para conhecer um novo mundo. Assim, ele chama a atriz Jodi Benson para trabalhar novamente com ele, eles trabalharam no musical Smile, que assume como a voz da princesa.

Howard compôs as mais icônicas músicas do filme como Part of Your World, e Under The Sea. Em 1989, ele e Menken ganharam o Oscar de Melhor Música.

E A Pequena Sereia entrou para a história da Disney como o primeiro filme da Era do Renascimento.

Menken, Alan; Ashman, Howard
Howard Ashman e Alan Menken
Foto: Disney Company

Howard trabalhou ainda em Aladdin (é responsável pelas músicas Arabian Nights, Friend Like Me e Príncipe Ali) e ao mesmo tempo começou na pré-produção de A Bela E Fera que estava em desenvolvimento no estúdio.

No final dos anos 80, ele descobriu seu HIV+. Trabalhou nos seus últimos anos na pré-produção da animação que nunca viu finalizada.

Em 1991, aos 40 anos, faleceu.

O filme foi dedicado a ele. “Ao nosso amigo Howard, que deu à uma sereia sua voz e a uma fera sua alma. Seremos eternamente gratos.”

E realmente é um dos melhores documentários disponível no Disney.

Acordando a Bela Adormecida

Foto: Disney+

Don Hahn também dirige esse documentário lançado em 2009, onde muitas cenas são bem parecidas com as de Howard – Sons de Um Gênio, inclusive os depoimentos, e onde se passa na história da Disney.

Acordando a Bela Adormecida mostra a Disney entre os anos de 1984 e 1994 e conta a história de bastidores dos filmes lançados no período que chamamos da Nova Era de Ouro da Disney, o período de Renascimento, onde o estúdio viu o retorno do prestígio de suas animações, e teve sucessos tanto de crítica quanto de público.

Mesmo que o documentário não foque tanto nos bastidores das animações, como foi com Howard – Sons de Um Gênio, e sim mais com foram tumultuados os anos e a guerra corporativa travada pelos seus principais executivos.

Assim, vemos as disputadas de ego de Roy E. Disney, sobrinho de Walt Disney e que trabalhava no Conselho de Diretores, Jeffrey Katzenberg, o chefe da divisão de filmes, Michael Eisner como o CEO do Grupo Disney e Frank Wells como Presidente da Disney, onde cada um queria conduzir a empresa, e os filmes, de um jeito.

Jeffrey Katzenberg no estúdio de animação
Foto: Disney+

O documentário conta como a Disney estava por baixo com suas animações que sempre foram seu carro-chefe e que a divisão de animação estava deixada de lado.

Até que diversos projetos começaram a pipocar no estúdio como A Pequena Sereia (1989), vencedor de 2 Oscars, Aladdin (1992), A Bela e a Fera (1991), indicado para Melhor Filme no Oscar, e ainda O Rei Leão (1994), uma das maiores animações do estúdio de todos os tempos.

A História da Pixar

Foto: Disney+

Mesmo sem o carisma e a nostalgia dos outros dois A História da Pixar (2007) é um documentário muito bom sobre a criação do Estúdio Pixar que hoje em dia fazer parte o Grupo Disney.

A empresa foi fundada no ano de 1980 como uma subdivisão da Lucasfilm, a mesma da franquia Star Wars, e que agora também é do grupo Disney. E sempre foi uma empresa que realizada animações em 3D.

Assim, o conta a trajetória do estúdio através de depoimentos de vários funcionários e colaboradores como John Lasseter, Steve Jobs, Brad Bird, John Musker, e Ron Clements.

Tem direção de Leslie Iwerks e mostra como o estúdio foi crescendo, paralelamente a retomada da Disney com animações de sucesso no final dos anos 80 e início dos anos 90, e como tudo isso levou a ideia de fazer o primeiro filme animado por computadores lançado pelo estúdio: Toy Story (1995) e depois pela sua sequência em 1999 e também por outros sucessos como  Vida de Inseto (1998), Procurando Nemo (2003), e Os Incríveis (2004).

Os atores Tom Hanks e Tim Allen também participam e conta diversas informações de bastidores sobre a famosa animação, como quando a sequência do filme precisou ser refeito quase todo, ou como eles buscaram inspirações para darem vozes para Woody e Buzz, respectivamente.

Não é o melhor dos três, mas é bem divertido.

Postagens relacionadas