Notícias Variedades 

Disney anuncia novos números de suas plataformas de streaming e fica abaixo das estimativas de Wall Street

Chegou a vez da Disney anunciar seus números do trimestre que passou. Depois de outros concorrentes terem feito o mesmo, principalmente a Netflix e a WarnerMedia, é a vez da empresa do Mickey divulgar seus números.

Os meses Julho, Agosto e Setembro/2021 representam o quatro trimestre para a companhia que além de reportar valores para o chamado Q4 também faz de todo o ano fiscal de 2021. Nos próximos meses, a Disney já reportará para o ano fiscal de 2022.

Assim, a plataforma anunciou que o Disney+ tem 118 milhões de usuários em todo mundo (em 2 de outubro de 2021).

No total, todas as plataformas da empresa somam 179 milhões em todo mundo (Disney+ 118.1 milhões, ESPN+ 17.1 milhões e Hulu 43.8 milhões).

Segundo informações foi o trimestre com o menor números de assinantes desde do lançamento da plataforma que completa 2 anos agora em Novembro. No período houve um crescimento de mais de 2 milhões de usuários apenas.

“Foi um ano bem produtivo na The Walt Disney Company, na medida que fizemos grandes avanços em reabrir nossos negócios, dando passos significativos e inovadores no Direct-to-Consumer e em nosso Parques, especialmente com nossas novas ofertas Disney Genie e Magic Key” afirmou Bob Chapek, Chief Executive Officer, The Walt Disney Company.

Segundo o CNBC, a expectativa do mercado financeiro americano era que a Disney chegasse em 125.4 milhões de usuários, o que ficou abaixo do esperado.

A Disney tinha uma projeção de atingir 90 milhões em 2024 na época do lançamento. A meta foi mudada para 230-260 milhões até o final do ano fiscal de 2024 no Disney Investor Day.

Durante o período a plataforma teve as séries What if…?, a primeira série animada da Marvel Studios e a entrada de Viúva Negra e Jungle Cruise com lançamentos híbridos nos cinemas e com o Premier Access.

Nos cinemas, a Disney lançou Free Guy – Assumindo o Controle, Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis e outros títulos menores.