Críticas Filmes 

Crô Em Família | Crítica

Realmente Crô Em Família (2018) é uma daquelas produções que a gente chega a olhar e se perguntar muitas coisas….entre muitas delas a principal porquê?

Lá em 2011, na novela Fina Estampa exibida pela Rede Globo, Crô, personagem de Marcelo Serrado mesmo que bem estereotipado até que se encaixava na trama ao provocar um alívio cômico em pequenas doses para as maldades de sua patroa (rainha do Nilo) contra a protagonista.

Mesmo coadjuvante, Crô saiu das novelas em 2013 ganhou seu próprio filme, numa manobra pouca vista no mercado nacional e no final levou muita gente ao cinema naquela época. O personagem estava fresco na memória do público e o carisma de Serrado parecia contar pontos.

Foto: Imagem Filmes

Mas essa sequência agora em 2018 é completamente desnecessária e sem menor sentido de existir. Serrado que durante um bom tempo lutou para perder a identidade do mordomo que se torna milionário volta aqui num filme que parece uma metralhadora de piadas ruins, com um texto fraco e uma trama batida e previsível.

Se a intenção era colocar o personagem em 2018 parece que os produtores erraram e feio. O roteiro Aguinaldo Silva parece uma colcha de retalhos de gírias, memes da internet e bordões LGBT jogados na bocas dos personagens numa velocidade absurdamente alta. Nem Rosi Campos como uma governanta e Arlette Salles, como a suposta mãe do personagem e que é de longa uma das melhores coisas do filme conseguem sair dessa areia movediça que parece inundar a produção do filme.

Em dupla com Tonico Ferreira, Salles faz aquele papel completamente clichê e previsível onde ela tenta roubar o “filho” num desses golpes de novelas antigas. Para piorar ainda temos Fabiana Karla sempre naqueles papéis onde o grito é mais importante que o entendimento. O restante do elenco parece apenas parece estar lá para cumprir tabela e todos são completamente avulsos e descartáveis.

No final, Crô Em Família chega a ser triste igual almoço em família quando os parentes estão brigados: Desconfortável e completamente fora de tom. Sério, as opções no cinemas não estão poucas assim.

[yasr_overall_rating]

O filme estreia dia 6 de setembro.