CCXP HQs & Mangás Notícias 

Cristina Eiko e Paulo Crumbim reforçam lista de quadrinistas da CCXP19

A lista de quadrinistas convidados para o maior Artists’ Alley do Hemisfério Sul não para de crescer. Cristiana Eiko e Paulo Crumbim são os novos nomes anunciados para CCXP19 – que acontece entre 5 e 8 de dezembro, no Expo São Paulo. Os artistas terão uma mesa no espaço queridinho do público e estarão todos os dias no festival para encontrar com os fãs que desejem comprar seus trabalhos, pegar um autógrafo e tirar uma foto.

Cristina Eiko nasceu em São Paulo e formou-se em Design. A artista trabalhou com animação em comerciais e longas-metragens como Segredo de Kells e Uma História de Amor e Fúria. Em 2010 começou a desenhar Quadrinhos A2, junto com seu parceiro Paulo Crumbim. Com ele também criou a Graphic MSP Penadinho – Vida, lançado em 2015, e em 2017 lançou sua primeira HQ solo, Culpa, na coleção Ugritos da Ugra Press.

Artistas se reúnem para lançar o primeiro álbum de figurinhas do Artists’ Alley da CCXP19

Paulo Crumbim também nasceu em São Paulo, mas na cidade de Santos. O artista concluiu a faculdade de Publicidade e, alguns anos depois, migrou para animação. Trabalhou em Uma História de Amor e Fúria, além de diversos comerciais e para a Folha de São Paulo. É autor e roteirista de quadrinhos como Quadrinhos A2, e Penadinho – Vida, com Cristina Eiko. Entre seus trabalhos solos, para os quais atuou como desenhista e roteirista, estão Gnut, HQ experimental para a web e impressa, Cambria/Terreno/.exe, Um Longo Vestido/Sem Mim, Kettling! Firehose! Schadenfreude!, uma gama de zines experimentais entre 2017 e 2018, e Ruído, da coleção Ugritos, de 2018.

O casal se conheceu em 2005, enquanto trabalhavam no longa-metragem de animação Asterix e os Vikings. Ambos já faziam quadrinhos informalmente em seus cadernos de rascunhos, com pequenos registros do dia a dia. Após a FIQ de 2009, decidiram que fariam quadrinhos juntos. Em 2010, começaram a desenhar Quadrinhos A2, publicações que tiveram duas edições impressas com compilações de suas HQS autobiográficas. A obra arrebatou o 25º Troféu HQ Mix na categoria “Melhor publicação independente de autor”.

Para conhecer a lista completa de artistas acesse: https://www.ccxp.com.br/artists-alley.

Em 2018, o festival recebeu 262 mil visitantes, batendo recorde de público e se estabelecendo mais uma vez como o maior festival de cultura pop do mundo. A CCXP já faz parte do calendário cultural do país e este ano acontecerá entre 5 e 8 de dezembro, no São Paulo Expo. Saiba mais em www.ccxp.com.br.  

Postagens relacionadas