MagicGames Notícias 

Cores dos cards de Magic: The Gathering dizem muito sobre a personalidade dos jogadores

As cores presentes no universo de Magic: The Gathering (MTG), o mais tradicional card game do mundo, dizem muito sobre as preferências dos jogadores e, de forma alguma, são aleatórias. Cada uma representa valores como ordem, companheirismo, justiça, fúria, sabedoria e inteligência, que refletirão diretamente o estilo de jogo de quem as utiliza.

Em Magic: The Gathering não há um confronto direto entre o bem e o mal, mas visões de mundos diferentes representadas nas suas cores que, naturalmente, espelham a maneira como o jogador enxerga o mundo do game.

Tradicionalmente, o branco representa a lei, a governança e a proteção. Na melhor das hipóteses, os jogadores que preferem os cards dessa cor valorizam a sociedade para a melhoria de todos. Por outro lado, no cenário reverso, o branco pode significar a valorização das leis e da ordem sobre as pessoas. As cartas dessa cor representam estrutura e organização com a premissa de que todos têm um papel a desempenhar, que as crenças são muito importantes e que a união faz a força. Se destacam pelas características de cooperação, proteção, honra e fé.

azul é a cor do intelecto, da complexidade e da curiosidade. Os jogadores que utilizam esses cards não podem ver um mistério e não o resolver e são capazes de ver problemas em todos os lugares. Quando não encontra uma solução, responde bloqueando tudo e todos, até que um novo plano seja colocado em prática. Quem joga com essa cor se destaca por ser intelectual, inquisitivo, calculista, manipulador, complexo, equilibrado, controlador e metódico.

Já o preto, em linhas gerais, representa o pragmatismo. A maioria dos cards dessa cor são incompreendidos. Eles combatem o totalitarismo, mas sua ambição deixa muitos mortos e eles conquistam construtores de impérios, chefes de quadrilhas e parasitas. Jogadores de cards pretos acreditam que os fins justificam os meios e se dispõem a fazer qualquer coisa para alcançar seus objetivos. Como aliados, podem ser muito eficazes, porém poucos confiáveis. Para eles, a morte não é algo a ser temido, mas sim um meio para chegar a um fim. Os jogadores que usam o preto se destacam por serem ambiciosos, vampíricos, interesseiros, desonestos, imorais, maquiavélicos, implacáveis, macabros e pragmáticos.

vermelho é considerado a cor da paixão e do caos. As personalidades que se atraem por ela são conhecidas por sempre improvisar nos multiversos de MTG. Podem tanto se tornar um vilão que deseja acabar com o mundo, como um artista com uma visão radical de existência.

Os personagens de cards vermelhos gostam de ser o centro das atenções, mas são imprevisíveis. Se destacam por serem caóticos, impulsivos, espontâneos, apaixonados, emocionais, bem-humorados, voláteis e destrutivos.

Por fim, verde é a cor da vida e do crescimento, mas também da morte e da natureza. As suas personalidades valorizam o lugar de onde vêm, sua herança e tradição. Os personagens têm instintos comunitários, onde todo mundo é afetado pelas ações de cada um. As principais qualidades do verde são a vitalidade e a força bruta, bem como a capacidade de se adaptar em diversas situações. O verde tem como premissa confiar mais no instinto do que na razão.

Suas principais características giram em torno do agir natural, da sabedoria, da ferocidade, do espiritualismo e da rápida adaptação.

As cores em MTG podem se complementar e formar um deck equilibrado e poderoso. Porém, saber construir um deck de uma cor só pode ser ainda mais perigoso do que se imagina. Para iniciantes em MTG, uma dica é apostar nos decks de Planeswalker, que são prontos para jogar e servem para familiarizar os jogadores com as características dos personagens e mecânicas do jogo. Para conhecer os decks de Planeswalker da Coleção Básica 2021, clique aqui.

Saiba mais sobre as cores de Magic: The Gathering:

Postagens relacionadas