a million little thingsReviews Séries & TV 

A Million Little Things | 3×01 – Hit & Run

E A Million Little Things está de volta! A série retorna sua temporada focando no destino de Eddie e mais adiante focará nos dramas envolvendo o COVID-19, como já vimos em alguns momentos pelo episódio. A questão é que o drama de Regina e Rome também volta para dar o problema emocional necessário para o casal.

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio/série. Continue a ler por sua conta e risco.

Separado em algumas partes, o episódio primeiro focou nas consequências do atropelamento de Eddie, com direito ao motorista no final deixar claro que sabe onde ele mora e que fez de propósito. E falando no motorista, ele é o pai da menina que Eddie acha que teve algo em sua morte.

Kath passou o episódio inteiro preocupado com o marido e tentou evitar que Theo sofresse e o deixou na casa de Delilah com Sophie e Danny, mas esqueceu que o seu tablet é conectado ao celular e ele leu todas as mensagens falando sobre a situação de seu pai. No final ele acaba indo ao hospital quando o seu pai acorda e então descobrimos que Eddie não sente os movimentos dos membros inferiores.

O mais bonito é a forma como Kath e Theo se juntam para fazer uma surpresa para Eddie e eles finalmente se casam, de novo…

Enquanto isso Rome e Regina precisam lidar com a perda do bebê que seria adotado e a mãe desistiu, e ela culpa o marido pela perda, pois ela nunca pensou em ser mãe, mas ele insistiu e ela comprou de coração a ideia, para então ter a perda. Quando a assistente social liga falando de um novo bebê, eles acabam pensando em desistir.

Já Maggie, passa por apuros em Londres ao se meter no relacionamento de Jamie, seu colega de quarto, mas deve surgir algo no meio dessa história, e gostei de como Delilah enumerou para ela a quantidade de vezes que ela ajudou os amigos.

Gary quem está meio avulso, mas voltando a ter problemas no relacionamento com Darcy por conta de Maggie. Espero que melhorem as coisas para ele.

A cena do elevador entre Rome e Gary e nos fazendo lembrar do quarteto juntos quando se conheceram, foi muito simbólica.

A Million Little Things entrega um retorno condizente com seu desenvolvimento, e espero que trabalhem bem suas tramas, e já ansioso para ver a situação deles com o COVID-19.