Documentários Notícias Séries & TV 

4 motivos para assistir a série documental The Beatles: Get Back no Disney+

A série documental The Beatles: Get Back está disponível no Disney+ e resolvemos separar 4 motivos para você assistir a produção.

O documentário será liberado em três partes, a atração mostra um show que a banda gravou em 1969, que seria a última apresentação da banda.

O projeto tem cenas de bastidores das sessões de gravação da banda que nunca foram vistas ou ouvidas antes, assim como, uma das últimas apresentações que eles fizeram em Londres.

Foi dirigido por Peter Jackson (da trilogia O Senhor dos AnéisEles Não Envelhecerão).

Separamos 4 motivos para assistir a atração no Disney+.

CENAS NUNCA VISTAS ANTES

O principal destaque da produção é o fato dele apresentar um conteúdo exclusivo. The Beatles: Get Back contém quase 60 horas de filmagens nunca vistas gravadas ao longo de 21 dias, dirigidas por Michael Lindsay-Hogg em 1969, e de mais de 150 horas de áudio nunca ouvidos, a maioria do qual estava trancada em um cofre por mais de meio século. Jackson é a única pessoa em 50 anos a ter acesso a este conteúdo, que agora foi restaurado brilhantemente.

RELACIONAMENTO DA BANDA E DESMENTIFICANDO SUPOSIÇÕES

O documentário mostra o relacionamento de John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr de uma forma única e íntima, com piadas, comentários e conversas feitas por um grupo de amigos juntos há vários anos, fazendo com o que o público se sinta próximos desses ícones. “Em muitos aspectos, a notável filmagem de Michael Lindsay-Hogg capturou diversas histórias: a de amigos e de indivíduos, a das fragilidades humanas e de uma parceria divina. É um relato detalhado do processo criativo, com a elaboração de canções icônicas sob pressão, situado em meio ao clima social do início de 1969. Mas não é nostalgia – é cru, honesto e humano. Em seis horas, você conhecerá os Beatles com uma intimidade que nunca pensou ser possível”, comenta o diretor Peter Jackson. 

O documentário serviu também para desmentir suposições feitas há diversos anos, como o relacionamento instável de Paul e John, que, na verdade, não eram brigados e tinham uma relação de parceria; e o relacionamento amigável do grupo com Yoko Ono, noiva de John Lennon.

PROCESSO CRIATIVO DA BANDA

Uma das melhores partes do documentário é poder acompanhar o processo criativo dos gênios da música com a produção do álbum Get Back e de outras canções e composições clássicas apresentadas nos dois álbuns finais da banda, Abbey Road e Let It Be.

A ÚLTIMA VEZ

A atração apresenta – pela primeira vez na íntegra – a última apresentação ao vivo dos Beatles como um grupo, o inesquecível show surpresa que o grupo realizou no topo do Savile Row, em Londres. O evento aconteceu em 30 de janeiro de 1969 e aconteceu no topo do prédio da Apple Corps, empresa da própria banda.