Zumbilândia – Atire Duas Vezes | Crítica

Regra #2: Atire duas vezes!

Com uma sequência vindo após 10 anos, o saudosismo de Zumbilândia ficou em cima da trama e dos atores, e Zumbilândia – Atire Duas Vezes vem de volta com Ruben Fleischer na direção e Woody Harrelson, Jesse Eisenberg, Emma Stone e Abigail Breslin reprisando uma dinâmica sensacional.

A trama deste Zumbilândia – Atire Duas Vezes é simples, motivada principalmente pelo tempo entre os filmes e como Little Rock (Breslin) cresceu e quer ter mais experiências de vida, do que ficar indo de lugar seguro em lugar seguro com sua irmã e amigos. Ao fugir ela desencadeia uma série de problemas para eles.

O mais legal deste novo episódio na trama dos zumbis é o sarro que eles continuam tirando dos filmes do gênero, nos apresentando e nomeando os tipos de zumbis, como o molenga Homer, os inteligentes Hawking, e os acrobáticos Ninja, só que temos então o surgimento de um novo tipo de zumbi faminto, os T-800, que além de ficarem mais rápidos, só param quando alcançam o seu objetivo: carne.

O desenrolar de Zumbilândia – Atire Duas Vezes mostra ótimas cenas de matança zumbi e até cria o prêmio de melhor morte do ano e do século, o que torna as “mortes” ainda mais bizarras, só que é na dinâmica dos personagens que o filme nos ganha.

Tallahassee (Harrelson) querendo ser o espírito livre e ainda sim ser protetor foi hilário, assim como Columbus (Eisenberg) que quer mais compromisso, enquanto Wichita (Stones) mão sabe o que quer. Os conflitos deles em cima das nerdices de Columbus são ótimas, e até a chegada de Madison (Zoey Deutch) e seu jeito tapado aumentam mais essa dinâmica e melhoram essas situações.

E os novos personagens são ótimos, como Nevada de Rosario Dawson ou Berkeley de Avan Jogia, só que é a ideia da morte de Bill Murray por um dos quatro principais que deixa um mistério no ar e gera uma piada ótima no fim.

Infelizmente alguns pontos fracos do roteiro que seguram a trama, mas tudo é muito bem compensado pela direção eletrizante de Fleischer e, como já disse, da química absurda entre Harrelson, Eisenberg, Stone e Breslin.

Zumbilândia – Atire Duas Vezes é diversão garantida e merece ser visto com os amigos nos cinemas.

Zumbilândia – Atire Duas Vezes chega aos cinemas no dia 24 de outubro.

PS: Tem cena pós-creédito com Bill Murray e ela é simplesmente genial!

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.