Reviews Séries 

Young Sheldon | 3×16 – Pasadena

Sai episódio e entra episódio e fico mais feliz com Young Sheldon. A forma como eles buscam mostrar os elos com o futuro é muito bom, como a ida a Pasadena e a Caltech, mas da mesma forma eles estão distante das gagues e situações cômicas da sitcom The Big Bang Theory, a série tem um universo, uma vida própria que é sensacional.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Todo o drama que Sheldon causou para ir a Califórnia conhecer Stephen Hawking foi muito legal, movimentou a história até para Missy, só que foi mostrar mais a união dele com o pai que foi genial. Desde o piloto da série vemos que Sheldon não gosta que toquem em suas mãos, principalmente o pai e o irmão Georgie, e eis que aqui temos o primeiro contato dos dois.

Sheldon querendo viajar acaba indo de avião, e eu jurando que iriam de trem, mas ele começa a temer todas as situações possíveis de queda e a forma como a aeromoça explica como proceder dentro da aeronave. George conversa muito com o filho e no fim eles acabam de mãos dadas, e Sheldon deixa o pai fazer isso, pois se sentiu confortável e também seguro ali.

Já Mary teve que lidar com Georgie que está cada dia mais rebelde e querendo sua independência, pois já se acha maduro o suficiente. O estopim foi ele querer ir ficar sozinho na casa da amiga, a mãe ouvir sem querer no telefone e ele mentir para ela. Rancor e raiva entre os dois, mas Mary sentiu que precisava conversar com ele e contou sobre sua vida, e como ela engravidou.

Enquanto isso Missy e Meemaw saíram para conversar e a gêmea de Sheldon deixou claro que está cansada disso, do irmão sempre conseguir o que quer e ela nunca conseguir nada, ter de viver a sombra do irmão.

Young Sheldon continua fazendo muito bem sua comédia com ótimos momentos dramáticos e sem perder a mão em nenhum dos dois.

Postagens relacionadas