Young Sheldon | 3×08-09 – The Sin of Greed and a Chimichanga from Chi-Chi’s / A Party Invitation, Football Grapes and an Earth Chicken

E novamente George ganha destaque com bons momentos, principalmente na questão de desenvolvimento próprio e como poderia mudar sua vida e seguir seu sonho. Young Sheldon quando resolve tocar em drama tem feito um bom trabalho, e falar sobre a desistência de algo por conta da família é muito intenso.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Com Sheldon tendo ótimas notas e Sturgis achando que ele pode ir para a faculdade, o colégio dele não quer abrir mão de manter a nota da instituição em alta e como isso alavanca o investimento neles. George e Sheldon então ficam no meio de uma guerra, onde professores e o diretor fazem de tudo para agradá-los e assim não forçá-lo a ir embora.

Mas as conversas de George e Mary sobre como desistir ou não fazer algo para Sheldon sair dessa zona de conforto foi bem intenso, pois bate muito na vontade dele. A decisão é deixar ele seguir em frente para a faculdade quando fizer 11 anos.

Já Georgie continua ganhando destaque com seu trabalho e como ele lida com a clientela, só que deixar de estudar para trabalhar com Dale na loja de esportes. Agora, a relação de Meemaw com Dale acaba afetando a forma como Sturgis reage a indiferença dela, já que ela tem sentimentos por ele, mas precisa seguir em frente.

É engraçado ver George no meio das brigas amorosas da sogra e como ele precisa ser amigo de seus namorados.

Mary brigando com Brenda sobre Sheldon não ter sido convidado para a festa de Billy, e no fim elas conversarem sobre como é complicado criar um filho “diferente”, foi sensacional. Se Sheldon não tem amizades por ser “avançado” demais, Billy da mesma forma não os tem por ser “atrasado”, e a forma como ele aprende as coisas vendo o vizinho de Spock explicando sobre a vida baseada em carbono, foi muito legal.

Nas suas diferenças, ambos acabam se entendendo e se divertindo com tudo aquilo.

Young Sheldon sabe fazer essas piadas simples e que até são meio pejorativas, se transformarem em um ensinamento de certo modo, colocando outras perspectivas além da comédia e trazendo a dose certa de drama para a série.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.