Will & Grace | 9×02 – Who’s Your Daddy

Após o episódio anterior que foi bem focado em situar os personagens e o momento político dos Estados Unidos, minha maior preocupação era o que fazer em um tempo atual com Will & Grace e neste episódio eles mostraram que tem fôlego para muitas coisas… Além disso, “Borderline” da Madonna, foi uma escolha e tanto para permear os problemas de idade dos personagens.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Focado na idade de Will e Jack, a série soube explorar os problemas da diferença de idade e como cada um deles acabam enfrentando a situação. Jack não sabe lidar com o fato de ser chamado de “daddy” por um rapaz bem mais novo e acaba apelando para cintas de compressão e maquiagem, enquanto Will apenas deixa rolar e vai na onda do rapaz de 23 anos…

Cada um a seu tempo acaba se complicando com a situação da idade, e enquanto Jack cai para a pastelão, Will começa a ver que precisa explicar para o seu moço do encontro toda a história por trás do fato dele conseguir sair do armário e se assumir bem mais facilmente nos dias atuais. Ele vai até Stonewall, onde ocorreu todo o início das brigas por igualdade e onde encontram o orgulho, até ensinar Madonna para ele.

Ver a série abordando como foi preciso muitos sofrerem para ter um mundo de aceitação um pouco melhor, é bem interessante e bem abordado no conceito da série, que sempre visou brigar e mostrar os LGBTs em sua forma mais natural possível. Impossível não sair só com uma sensação de que precisamos ver as lutas que foram travadas antes, como elas devem ainda serem travadas nos dias atuais, principalmente em nosso país que segue cada vez mais falso moralista. E como não terminar o episódio cantarolando “Borderline“?

Já Grace foi conversar com Karen e ambas viram que precisam uma da outra. Elas presas no banheiro todo tecnológico e com Karen travando tudo para ele encher de água sem lembrar a senha de segurança foi hilário. Souberam aproveitar o momento para reaproximar as duas, até que Karen se lembra que sua senha é Grace Adler.

Sabendo abusar de seus bons momentos, Will & Grace faz mais um episódio gracioso, cheio de informações e pronto para mostrar a que veio. O quarteto Eric McCormack, Debra Messing, Megan Mullally e Sean Hayes estão sensacionais, a química inteira é vista em cena e só queremos ver mais desses amigos tão diferentes.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.