The Walking Dead | 7×15 – Something They Need

E nos aproximando do último episódio de The Walking Dead, já ficamos ansiosos pelo embate entre a turma de Rick e a de Negan, pois, infelizmente, a série se preocupou demais em criar o cenário e não trabalhou bem o seu desenvolvimento. Usando termos de pontuação de Escola de Samba, digamos que The Walking Dead não fez boas notas com o júri no quesito Harmonia e Evolução. Sorte que este episódio foi bem mais dinâmico e já deixa o terreno pronto para a season finale…

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Sasha, Negan e Abraham

Esperava ver mais da invasão de Sasha ao Santuário de Negan, mas não, eles cortaram para ela já presa em uma cela, quase sendo estuprada por um dos homens dele, que fala dos problemas que ela causou. Sorte que Negan aparece e o mata, por achar a conduta dele tenebrosa, mas deixa uma faca para ela matar o homem quando virar zumbi, mostrando que ela aceita estar do seu lado, pois precisa de pessoas forte ao seu lado.

O problema é que ela só quer morrer se for para ficar daquele jeito e acaba colocando Eugene em situação complicada, pois pede que ele lhe arrume algo para se matar. Eugene explica que ali ele pode ficar tranquilo, dando ordens e sem temer pela própria vida, e que gosta de Negan. Tudo isso é para nos mostrar a diferença da índole dos dois diante o fim da sua vida.

Daí o grande problema é que Negan deixa claro a Sasha que sabe que Rick irá aprontar, que tem um passarinho lhe contando as coisas…

Maggie e Gregory

Maggie está plantando do lado de fora dos muros de Hilltop e tem um papo com Gregory que se aproxima com a ideia de matá-la, já que está vendo sua crescente em cima dos moradores de sua comunidade. Só que ele não esperava que zumbis fossem aparecer e ele ter que matar um deles, mesmo que nunca tenha feito isso. Assim, cheio de medo ele é salvo por quem mais odeia e mesmo tentando esconder, acaba sendo descoberto, com direito a pessoas falarem que ele sempre mentiu.

Gregory então se mostra pronto para uma viagem e até fico imaginando que seja ele quem seja o tal passarinho de Negan, mas não há maiores detalhes, pois tudo isso acontece depois destes momentos entre ele e Maggie.

Alexandria x Mulheres

O episódio já começa com Rick e sua equipe chegando a baía para conversar com o pessoal da Oceanside, mas antes prepara armadilhas. Nessa preparação vemos conversas importantes, como ele com Michonne ou Aaron e Eric. Com tudo pronto é chegada a hora de Tara enfrentar Natania e ali mostrar a que vieram, mesmo que precise mostrar que quebrou sua promessa. O papo é bacana, mas logo há uma virada e ela é levada para a presença de Rick, que causou explosões para chamar zumbis.

Tentando argumentar a ajuda das mulheres ou que cedam suas armas, eles não veem a chegada dos zumbis e quando se dão conta uma horda os cercam. Ali eles precisam se unir e só então veem que querem se proteger, mesmo que enfrentar Negan lhe tragam problemas.

Com tudo terminado, Rick consegue as armas, mas as mulheres não os seguirão e somente oram para que não piorem a situação de todos… Tara ainda consegue um bom papo com elas, mas fica evidente que não é bem-vinda, mesmo que Cyndie queira ir com ela.

Dwight

E retornando com tudo resolvido com as mulheres, ou ao menos levando suas armas para lhes carregar, Rick chega a Alexandria e dá de cara com Rosita, mas ela tem uma surpresa. É Dwight quem a ajuda no fim do episódio anterior e ele quer se unir a equipe de Rick para destruir Negan, mesmo que tenha de provar o que está fazendo, além de ter que aguentar Daryl, que quer lhe dar um verdadeiro cacete por tudo o que sofreu.

Agora é ver o que Dwight pode trazer para a turma de Rick e quem é o passarinho de Negan, mas espero mesmo é que The Walking Dead faça um bom episódio em sua íntegra e não deixe para os momentos finais o confronto e o ponto de resolução, para só continuar na próxima temporada.

Fico por aqui, comentem e to be continued