Bastidores de Vidas À Deriva chamam atenção: atores velejaram de verdade em alto mar para o filme!

Faltando poucas semanas para a estreia do drama Vidas À Deriva, a Diamond Filmes compartilhou algumas curiosidade sobre os bastidores do longa que estreia em Agosto nos cinemas brasileiros!

Com direção de Baltasar Kormákur, no trailer do filme no player abaixo, podemos ver os que atores Shailene Woodley e Sam Claflin estão em clima de romance até que embarcam para um passeio e acabam perdidos no mar depois que o barco deles enfrenta uma grande tempestade.

A gravação do longa levou menos de 50 dias e aconteceram nas ilhas Fiji, com cenas na Nova Zelândia. Kormákur optou por realizar as filmagens em alto mar e fez questão os atores velejassem de verdade durante as gravações.

Para ele, parte do desafio de filmar na água é que as técnicas tradicionais nem sempre são as mais eficazes e os realizadores precisaram ser criativos, como montar toda estrutura de produção num barco adjacente.

“Estar num barco nesse vasto oceano com as ondas batendo, por 12-14 horas por dia, é algo que não se pode falsificar” afirmou Kormákur em entrevista para o estúdio.

Baseado numa história real, em Vidas à Deriva conhecemos Tami Oldham (Woodley) e Richard Sharp (Claflin) que partem para uma viagem onde eles nunca pensariam que topariam cruzar diretamente com o maior furação já registrado na história do Oceano Pacifico.

Depois de sobreviverem a tempestade, Tami encontra Richard bastante machucado e o barco todo estragado. Sem esperanças de resgate, os dois precisam encontrar na força e determinação um do outro para sobreviverem.

O filme é adaptado do livro, Red Sky in Mourning: A True Story of Love, Loss and Survival at Sea escrito por Tami Oldham.

 tem previsão de estreia para 9 de agosto no Brasil. 

Miguel Morales

Sempre posso ser visto lá no Twitter falando sobre o que acontece na TV aberta, nas séries, no cinema e claro outras besteiras. Uso chapéu branco e grito It's Handled! Me segue lá: twitter.com/mpmorales