This is Us | 3×17 – R & B

E este episódio de This is Us veio para irmos fundo à relação de Randall e Beth, e vimos as coisas boas e ruins de suas relações. A maior das questões é a forma como Randall encara as coisas e não gosta de discussões, por já ter presenciado uma vez os próprios pais brigando por conta de Rebecca querer trabalhar e Jack ter ficado com ciúmes.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Mas o problema não é Beth trabalhar, mas sim ele sair frustrado de uma situação e a falta de uma discussão saudável. O problema maior então fica para as palavras ditas em momentos de raiva, seja de Randall para Beth, quanto dela para ele, já que também fala umas coisas que magoam.

Então voltamos no tempo e vemos que Beth sempre achou tudo exageradamente demais em Randall, seja no primeiro encontro em um restaurante, seja no pedido de casamento aos 7 anos de relacionamento, que precisou envolver Rebecca. Engraçado é que a mãe dele foi bem amiga, falou coisas bacanas para Beth, que resolveu aceitar o pedido, mas fazer algumas coisas a sua moda.

O desenvolvimento, a ansiedade, o amor, o companheirismo, muitas coisas é exageradamente intensa entre eles, e com cada um agora tendo uma visão da própria vida, caminham para lados opostos. Não há errados em querer o melhor para si, mas já não há uma forma de ambos aceitarem algumas coisas, e isso frustra um ao outro, por conta dos sonhos largados em algum momento.

Beth quer continuar trabalhando, realizar seu sonho de estar envolvida em no mundo da dança, enquanto Randall só queria que ela ficasse um pouco mais em casa para olhar as crianças e estar mais presentes, enquanto ele está ocupado com a prefeitura.

This is Us vai fundo na relação de seus personagens e esse momento era de Randall e Beth se reconhecerem, fico na espera das consequências das palavras ditas e das ações tomadas.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.