This is Us | 3×15 – The Waiting Room

E as consequências de Kate e seu bebê ficaram para o final do episódio, pois This is Us resolveu nos mostrar as brigas de Kevin e Randall, enquanto Rebecca ficava meio fora de si a espera de informações. Todas as tramas tiveram destaque, e o drama em cima da situação de Kate e do bebê serviu para um final emocionante.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Kevin e Randall tem muito para lidar e conversar, e a família inteira não sabe lidar com as coisas que estão surgindo a sua frente. Esse drama da saúde de Kate e seu bebê apenas colocou mais lenha na fogueira, pois a pressão aumentou para eles.

Randall não sabe o que fazer com Beth, já que ele acha que ela deve dar um tempo de seu sonho e focar na família, enquanto ele tem que lidar com as coisas de vereador. O problema é que ele decidiu isso e apenas jogou a bomba para ela, que não consegue conversar com o marido, pois ele não enxerga onde erra.

Gostei demais de ver Beth se impondo e vendo esse padrão de “opressão” em outras coisas da família, como Miguel falando por Rebecca. Ela brigando com ele foi intenso, mas ela percebeu que Rebecca e ele estavam fora de contexto quanto ao tempo passado, sua sogra poderia passar mal de fome, mas a tensão quanto ao drama não a deixava ver isso.

Ao menos os dois agora podem sossegar os ânimos e conversar melhor sobre o assunto mais a frente…

E ao mesmo tempo, Kevin precisa lidar com seu alcoolismo e a vontade de beber, somada com a ansiedade por informações. Kevin está mais agressivo e não sei se Zoe irá lhe dar uma chance de estar ao seu lado neste momento tão complicado. Fato é que ele precisa lidar com o seu vício, e não ir de uma ação para outra, como forma de esconder isso.

Faltou mais punho de Miguel, que foi sendo deixado de lado, tendo suas falas sobre a família ignoradas, e ele se viu muito em Madison ao vê-la sendo descartada por Kevin. A família se fecha muito e só os Pearson acabam tendo fala quando o assunto é entre eles.

Passado o drama, Toby aparece cheio de piada, mas cansado, e conta que o bebê ficará em observação, mas está bem, assim como Kate, que está incrível.

A partir deste ponto a série fica em uma sensibilidade incrível! Kate e Toby formam um casal tão gostoso de se ver em cena. Ela toda cheia de si, sabendo o que irá fazer, enquanto ele começa a mostrar que sua depressão e ansiedade pode causar problemas. Jack chega rodeado de amor, mas precisará lutar muito por sua vida, pois está pequeno e muito frágil…

This is Us novamente nos bate com tudo no peito, nos angustia com seu drama, ao mesmo tempo que mostra um caminho tão cheio de luz. Ansioso por ver mais de Kate, Toby e Jack.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.