This is Us | 3×06 – Kamsahamnida

This is Us fez um episódio de apoio sensacional, cada um dos 3 irmãos Pearson foi importante para algo e precisaram de seus familiares e companheiros para evoluir. Além disso, é ótimo ver Jack feliz, lembrando de Nick, mas com aquela sensação de que tem muito mais por trás…

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

O mais gostoso deste episódio é ver o laço de irmandade entre Kevin e Randall. No passado vemos como eles quando criança brigavam, mas na questão de irmãos, brincadeira e daí veio a vontade de Randall e querer ser forte como o pai, fazer boxe com ele, e Jack explica que Randall é seu filho-filho mesmo, e que sua mente é mais importante que sua força.

Nesse tempo ainda Rebecca vê mais de Nick, quando Jack conta como ele e o irmão brincavam de boxe e aprendiam um com o outro. Foi de uma delicadeza sensacional trazer Nick a conversa de forma suave e sem mostrar muito, pois Jack ainda sente a dor do Vietnã.

Então no presente Randall usa as táticas de Jack do boxe para sorrir quando for atacado e assim não mostrar sua dor. É assim que ele vai até Sol contar que irá concorrer, mas pela parte coreana da cidade e aprendemos como Randall tem um coração enorme. Trazer mais esse núcleo e explorar ele será importante, pois mostrará como não só a parte negra, mas também a coreana, está renegada na cidade. A entrada de Jae-won será legal e já espero um episódio sobre ele e sua família.

Colocar Kevin para ajudá-lo, e mostrar como The Manny era famosa na Coréia foi delicioso, e será legal se mostrarem mais da cultura deles. Kevin ainda consegue o apoio do irmão para ele “raspar” a parede do passado do pai e ir ao Vietnã, e o gostoso é que ele consegue o apoio também de Zoe, que finalizou o seu documentário. Já quero mais momentos dos dois, pois Zoe e Kevin se completam bem, ainda mais que ambos tem um passado de relações complicadas.

E falando em relações, Beth viu que com Randall pode contar sempre e amei como Deja foi importante para ela abrir os olhos. Agora é ela e o marido se unirem para ganharem o cargo, e foi importante ela desabafar sobre não conseguir ser contratada.

Agora, Kate é quem precisará ser forte em dobro, pois além da gravidez, que terá sempre de ficar atenta, também tem Toby e sua depressão. O momento dela deixando claro para o marido que o casamento deles é para sempre foi lindo, pois Toby expôs todos os seus medos, principalmente dela lhe abandonar. E legal é que até o pequeno Audio foi importante nessa transição.

E por fim, vale ainda ficar bobo com as cenas iniciais de Kate contando sobre a gravidez para Rebecca, Miguel, Randall, Kevin, Beth e Madison, essa inclusive já espero por mais momentos ao lado de Kate, e falta mais desenvolvimento para ela, lembrando o seu drama com a bulimia.

É hora de This is Us trazer mais pessoas para a trama, desenvolver também os amigos dos personagens na série, além de dar mais espaço a personagens secundários. Que venha mais momentos de Kevin e sua busca pelo passado de Jack.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.