This is Us | 2×11 – The Fifth Wheel

E depois de um longo hiato eis que temos o retorno de This is Us e ele não poderia ser mais intenso. Quero dizer, poderiam ter aprofundado mais as questões, mas deixaram conteúdo para ser desenvolvido mais adiante. Importante é que temos os filhos encarando que o pai não era tão perfeito e Rebecca abrindo o seu coração.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Algumas semanas após a prisão de Kevin ele é enviado para reabilitação e na ida de toda a família para lhe dar apoio eis que uma tormenta passa por cima de todos ali, quebrando os tetos de vidros e expondo feridas que precisarão ser curadas e cicatrizadas de forma melhor.

Logo de cara a terapeuta deixa claro que só os irmãos e a mãe devem conversar nesse primeiro contato, fazendo Miguel, Beth e Toby ficarem de fora, mas foi até legal vê-los interagindo entre si e conversando sobre como é entrar na família e como é penosa a jornada de aceitação deles. Miguel foi o que mais teve complicações, pois é visto como “substituto” de Jack…

Agora, a terapia de Kevin foi intensa. Barbara o deixou falar abertamente e aqui tivemos inúmeros prismas e temos Randall deixando isso claro, mostrando que a vida de cada um é vista por um panorama, um lado, e todos precisam conversar e se compreender.

Kevin sempre se sentiu deixado de lado e aqui isso é um pouco reforçado, e temos ele reclamando que Kate sempre foi protegida por Jack, enquant Rebecca tinha Randall como favorito a todo instante. A questão é que isso é ressaltado com os flashbacks no acampamento.

Jack tenta conversar com Kate sobre seu problema de alimentação, mas não consegue, enquanto Rebecca fica ao lado de Randall a todo instante e até joga para cima de Kevin o desaparecimento dos óculos do irmão. Kevin sempre se sentiu o estranho e foi se esforçando para brilhar e ter ali o seu próprio espaço.

Quando Kevin confronta Rebecca temos Randall a defendendo e as verdades à tona, pois Rebecca sente que o perdeu também quando Jack morreu, afinal logo em seguida ele saiu de casa. Sobrou também para Kate, que teve de compreender seu vício em comida.

Barbara fala do gene do vício que Jack recebeu do pai e este passou para os dois filos. Kevin então se viciou nos analgésicos, enquanto Kate se escondia no vício da comida. Foi interessante eles aceitando isso e vendo que precisam mudar, tanto que Kate assume o seu problema para Toby, que já tinha achado embalagens de tranqueiras que ela comia escondida.

A partir deste ponto eles precisam assumir que suas infâncias não foram perfeitas, nem seu pai, e espero que foquem bastante nesse lado a partir deste ponto. Adorei ver como Kevin vê sua infância, como na cabana ele achando o óculos do irmão e se dando conta que todos estavam na cama com seus pais e ele deita no chão perto deles, para então Rebecca contar que nada tem um só lado, e aí a vemos acordar e ao vê-lo lá indo deitar ao seu lado.

This is Us nos mostra mais um aspecto de nossas vidas, que é achar que o nosso lado sempre é o mais intenso e dolorido, que nossa visão é a perfeita de todas as situações e não olhamos de outros aspectos. Emocionante de inúmeras maneiras, a série mostra que pode ir sempre além.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.