This is Us | 2×05 – Brothers

A diferença de criar dois irmãos e como torná-los grandes amigos. This is Us começa a respaldar a vida mais nova de Jack e nos apresenta a um personagem novo, seu irmão Nick. Muito ainda segue oculto, mas vemos na forma que Jack fica em cima da relação de Randall e Kevin e vemos como ele espera que os dois tenha a mesma conexão que ele tinha com o irmão.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Em um episódio focado no tema irmãos, Jack nos mostra seu lado mais sensível ao se lembrar de seu irmão e a forma como seu pai marcava de sair com eles, mas parava no primeiro boteco de beira de estrada e enchia a cara, enquanto os dois se divertiam no carro. Buscando uma forma de manter Randall e Kevin conectados, ele acaba passando os melhores momentos com os filhos e mostrando que precisam sempre estar juntos um pelo outro.

Rebecca, ficando em casa com Kate, acaba tendo que lidar com o pai de Jack, que está internado em uma casa de repouso e está em seus últimos dias. O momento em que ela deixa claro para ele que seu filho está sendo um pai incrível foi bem doloroso, ainda mais ligando os fatos da vida que eles tiveram. Outra coisa é que fica claro que Jack nunca levou seus filhos para conhecer ao avô, pois ele se surpreende ao ver Kate esgueirando pela porta.

No presente os irmãos passam cada um por seus problemas… Kate está bem focada na gravidez, mesmo que queira ficar mais tranquila, pois teme que sua gravidez mais tardia possa não dar em nada, criando uma expectativa ruim em cima disso. Quando ela pede para Toby não criar expectativa nos emocionamos com ele e temos que ficar contidos, mas quando ela o libera para se soltar e falar em alto e bom som, é divertido ver as atitudes do futuro papai.

Outra que ganha destaque nessa trama e deve ter bons momentos, por ser tão diferente de Kate, é Maddison, a loira que Kate pega no pé em suas reuniões… Achei fofo que ela mesmo sendo criticada por Kate tenha ficado tão feliz por ela, mostrando que devemos esperar o melhor para essas duas.

Kevin está se afundando nos analgésicos para esconder não só a dor no joelho, mas também se tornando um vício. Queria que Sophie já enxergasse isso no namorado, mas deve demorar ainda. Os momentos de angústia dele ligando para sua médica foi bem intensa.

Agora, Randall lidando com Deja e mostrando como se importa demais com todos é de sua característica básica, como vemos ele se esforçando para se aproximar de Kevin quando criança. Com Deja ele sabe que precisa dar espaço a ela, mas não consegue, quer entender, conversar e apoiar, mas a menina precisa pegar confiança, ela já sofreu, como o caso do lar adotivo onde apanhava com revistas para não ficar marca.

Sensível em tantos níveis que ao final de This is Us é impossível conter as lágrimas, seja pelos momentos mais dramáticos, seja pela deliciosa leveza de nos enxergar em alguns momentos e personagens. Além disso, que trilha sonora impecável, como as canções e melodias nos embalam tão bem.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.