This is Us | 2×04 – Still There

Mais uma vez somos surpreendidos com um episódio emocionante de This is Us. Falar sobre racismo, escolhas, dores e confusão em um só episódio não é para muitos, e a série consegue tratar todos esses temas de forma bonita e sempre permeado por um tema em comum com o presente e o passado, e aqui é a forma como a família encara doenças e escolhas.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

No passado, temos os 3 irmãos com 10 anos  e uma doença rondando. Kevin e Kate contraem catapora e é engraçado ver Randall querendo pegar logo a doença para rapidamente se curar e não precisar perder a feira de ciência. O uso da doença para exemplificar a reação dos pais com os filhos foi bem bacana, mas o melhor foi ver como Jack mantém Kevin no rumo, o que explica muito suas reações no futuro.

Papel importante nestas cenas acaba ficando com Janet (Elizabeth Perkins, Weeds), mãe de Rebecca que chega para tomar conta da filha e acaba complicando as coisas ao impor seu jeito a ela. Com Kevin a avó deixa claro que ele é um rosto bonito, enquanto enche Kate de inseguranças e pede para ela colocar metas para caber em um vestido que deu para ela, enquanto acaba deixando Randall de lado, ou usa estereótipos de negro para lidar com o neto, o que briga Rebecca a dar um sermão na mãe.

Foi legal a série deixar claro que a avó ama o neto, mas não sabe lidar com a situação por ser de uma época diferente, mas que está disposta a aprender mais e estar ao lado do garoto. É bom ver a série abordando que uma pessoa pode cometer erros, mas está disposta a mudar e corrigir-se.

No presente temos o drama de Kevin, que parecia pender para o vício em remédios contra dores, mas logo vemos que vai um pouco além disso… Ele zoou muito o joelho e foi obrigado pelos produtores a operá-lo, para não piorar, já que machucou nos sets de filmagem. O problema é que mesmo sabendo que poderá retornar mais adiante, ele acaba querendo correr contra o tempo para não perder essa oportunidade, e quando Toby o pressiona, ele deixa claro que não irá perder essa chance assim como foi como futebol.

Quando ele volta para o set sem mancar, já dá para imaginar como ele esconde as dores e já ficamos preocupados com suas escolhas…

Da mesma forma, vemos Kate se escondendo atrás de meta para entrar em vestido e seus exercícios, o que acaba a colocando contra Toby. É engraçado ver ele caindo nessa dinâmica disfuncional da família, mas o melhor é já sabermos no final que tudo irá mudar, afinal, Kate está grávida!!!

Agora, o caso de Deja, Randall e Beth fica mais complicado. A garota não tem muita vaidade e a família se esforça para fazê-la pelo menos querer arrumar os cabelos, mas nada chega até ela, e para piorar, uma garota arruma confusão com ela no boliche, o que obriga Randall a protegê-la. Logo em seguida é linda a cena dela com Beth, as explicações, o carinho em família, e toda as coisas que ela não teve e que estão a sua frente.

O prolema é que na casa de Randall não há muitos segredos e quando Deja se sente linda e vê que Beth falou de suas conversas com ele, acaba destruindo o cabelo ao sentir que foi quebrada a confiança…

This is Us sempre nos emocionando e nos fazendo rolar lágrimas com momentos tão marcantes. Impossível falar quem está melhor na série, pois o elenco é tão afiado que tudo ali funciona maravilhosamente bem. Ponto mais do que positivo para toda a produção e seus roteiristas.