This is Us | 1×16 – Memphis

Em um de seus episódios mais emocionais, com direito ao elenco enviando mensagens de apoio devido ao seu teor, This is Us levou os seus fãs as lágrimas de uma forma que não há como explicar. Tratando o tema com muito carinho e respeito desde o início, é chegada a conclusão de um personagem e sua jornada foi maravilhosa.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

É chegada o fim da jornada de William e já começo falando que o único ponto fraco foi a falta de Jessie (Dennis O’Hare), pois no contexto geral foi delicioso. Conhecemos mais de William, como ele nasceu, cresceu, viveu e morreu… Tudo isso bem abordado no episódio e já nos mostrado em outros momentos. O carinho com a mãe, a preocupação, a tentativa no mundo da música, voltar para cuidar da mãe, conhecer Laurel, as drogas, as dores, abandonar Randall

Tudo isso é visto de forma emocionante, sensível e nunca sendo cobrada por atitudes diferentes, sempre lembrando que cada um viveu, foi feliz, sofreu e amou. Amou tanto que doeu. Randall nunca o condenou pelo abandono, já não fala sobre isso, só quer respirar e curtir o pai, mas antes o pai o ensina a se controlar para ser menos controlador com as coisas a sua volta.

Desde conhecer a família, William fez questão de mostrar ao filho que foi feliz com tudo nos últimos meses, principalmente ao conhecê-lo e conhecer suas netas e nora. A despedida dele foi bem bacana, mas o momento de maior dor foi ver o Randall usando a técnica de Jack para trazer calma ao pai…

Neste ponto a direção de Glenn Ficarra e John Requa foi sensacional ao nos fazer girar pela vida de William até ele voltar a ser criança no colo de Laurel e sua canção maravilhosa. O encontro dos dois no auge de suas vidas como uma forma de despedida foi de levar qualquer um as lágrimas.

William parte e deixa uma mudança na vida do filho e nos mostra como viver tudo e buscar aproveitar os momentos, enxergar os erros e tentar sempre melhorar. Ron Cephas Jones nos entrega sua melhor atuação, indo de sua intonação vocal até as expressões, merece muito ser reconhecido por seu trabalho…

This is Us caminha para o fim de sua 1ª temporada e já mostra que nossas emoções serão mexidas até o último instante… Se com Randall sentimos toda essa dor, carinho, alegria e muitas lágrimas, não sei como será quando for com Jack! HAJA LENÇOS…

Fico por aqui, comentem e to be continued