This is Us | 1×15 – Jack Person’s Son

Mais um episódio emocionante de This is Us e o seu poder em nos emocionar trabalhando os altos e baixos de seus personagens, bem como sua índole e seus anseios… É formidável a montagem da série em torno do homem que foi Jack e como ela consegue nos mostrar ele tão sensacional, ao mesmo tempo que nos faz odiá-lo um pouquinho.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Os flashbacks continuam encaixando bem, seja para mostrar mais sobre Jack, já que ele morreu e não tem cenas no presente, como para desenhar mais Kevin, Kate e Randal e como eles reagem as coisas ao seu redor no presente, e confesso que o roteiro da dupla Isaac AptakerElizabeth Berger (do episódio Pilgrim Rick) me levou as lágrimas.

A grande questão aqui é mais em cima de Randall. Tudo parece ir para o redor de Kevin e sua apresentação, afinal é seu grande dia, mas os flashbacks e as mudanças que ele vem passando acaba dando ainda mais espaço para Randall. A ligação de Sophie e como ela o conhece é interessante, mas o melhor é ver Kevin tendo um papo com Miguel e o mesmo falando o tanto que ele tem do próprio pai e que só precisa se encontrar.

A pressão em cima de Randal é enorme. Filhas, a mãe da esposa doente e seu pai… William está cada dia mais debilitado e isso o consome, principalmente por perder o controle das coisas e sempre que isso acontece ele se perde, se desespera e chora… Sanjay lhe cobre em uma das crises, o que só piora a situação dele. No flashback o vemos com a pressão de Hamlet e Kevin o ignora, deixando para o seu pai o trabalho de acalmá-lo.

É aí que a história dos dois se reconecta, com Kevin largando mão dos próprios problemas para dar uma ajuda para o irmão. Os dois largados no chão foi de doer o coração…

Kate e Toby estão se reconectando, buscando compreender a relação dos dois e como eles precisam evoluir foi até que bonitinho, mas é quando ele a força falar do pai que a coisa fica realmente intensa e complica nossa compreensão do que envolve tal situação. Ela e Duke foi bem sem sal, poderia ter sido um pouco mais intensa.

Agora, Rebecca e sua viagem é que está tirando o sono de Jack e é o ponto de partida para uma mudança brusca nele. Sua conversa com Miguel é simples e sem muito objetivo, diferente de seu encontro com Ben, que lhe deixou com a pulga atrás da orelha, já que o músico lhe contou sobre um caso que teve com Rebecca. Se Jack já tinha ressalvas sobre ela viajar sozinha, agora é que ele não só não concorda, como a confronta e acaba com o Dia dos Namorados deles.

A partir deste ponto This is Us deve dar uma queda vertiginosa para chegar em seu último episódio. Só que a queda é para Jack, que deve começar sua jornada que o levará ao seu fim, enquanto no presente seus filhos começam a se conectar como uma família de verdade.

Fico por aqui, comentem e to be continued