This is Us | 1×03 – Kyle

E This is Us veio realmente para nos emocionar em todos os seus episódios, e este 3º não foi nada diferente. Saber cutucar a dor humana é algo que Dan Fogelman (Enrolados, Bolt – Supercão) e equipe está fazendo magistralmente.

Kyle?

A pergunta que me ficou com o título do episódio é realmente essa, quem seria Kyle? E a forma como desenvolveram para explicar a mudança de seu nome para Randall foi deliciosa. Jack ainda conversa com o médico sobre não gostar da forma como soa ter os três filho iniciando com K, e foi triste imaginar uma alusão a algo tão triste na história americana.

É aí que entra Rebecca e o fato dela ter conhecido William, se aproximado dele e compreendido a situação dele e como ele deixa claro que o amor que tinha pela mãe de Randall foi puro, mesmo depois ele envolvendo com as drogas. Vemos esse processo logo no início do episódio e é triste… Gostei pelo menos de ver o motivo dela trocar o nome do filho para Randall, uma forma de homenagear as leituras que William tanto adorava, ao poeta Dudley Randall, mas sumindo de sua vida.

O encontro no presente entre Rebecca e William só é pedido para que ele não comente que se conhecem e que se for para causar dano a Randall é para ele sumir. A partir deste ponto vemos como Randall é bom e se dedica as coisas a ponto de esquecer outras. Para seu desespero, William não tem jeito, está condenado, e isso depois de fazer exames com médicos caríssimos…

Laços de Irmãos

É incrível como a série mostra Kevin lindo, talentoso, com uma carreira a se dedicar, mas dependente de tudo de sua irmã Kate. Esta sim, com uma voz maravilhosa, uma vida difícil, constante guerra contra a balança e só agora tendo um amor sincero ao seu lado. Colocar estas perspectivas e imaginar que ela deveria deixar tudo para ir com o irmão para Nova Iorque é doloroso, pois ela precisa de algo só seu, não ficar na sombra do irmão, e ele em seu pior momento, com uma ex louca, compreende isso.

Lindo ela conversando com Toby sobre como está conectada ao irmão e então vermos o avião chacoalhar e ela sentir algo de sua cama. Com Toby também é muito amor. A relação cheia de cumplicidade dos dois é mágica, e quero ver até onde isso pode evoluir.

This is Us nos traz coisas boas, traz lágrimas, e sentimentos bem gostosos. Um drama que não machuca, nos faz refletir um pouco e desejar o bem aos outros, sem reviravoltas, mistérios ou teorias, apenas nos fazendo curtir a vida dessas personagens.

Fico por aqui, comentem e to be continued